Últimas novidades

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

O  ex-prefeito João Elias  ( meu Louro) é alvo de mais uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa .  O número de ações que o ex-prefeito  enfrentar por acusação da malversação do  dinheiro público até agora  na região do Curimataú só perder para o ex-prefeito Bado Venâncio. 


Respondem junto com o ex-prefeito do  Meu Louro , seus auxiliares  e então ex-secretários José de Anchieta  e Costa  ( ex-tesoureiro) e a ex-servidora Maria do Desterro de Lima por contratação ilegal de garis e de dano ao erário da Prefeitura de Nova Floresta ,nos anos de 2009ª 2012 e de 2013 a 2016.   

A cidade mais limpa do Curimataú da gestão mais suja da região , contratou 161 pessoas para realizar o serviço de limpeza urbana  onerando os cofres do município variando de 167 mil em 2009, para mais de R$ 409 mil , em 2012. 

Segundo o MP a contração do pessoal realizar serviço público de natureza continua , dava-se à revelia da admissão por concurso público ou procedimento licitatório. 

O esquema funcionava através de um sistema de empenho em favor de um diarista , emitia nota fiscal e subscrevia um cheque no valor superfaturado , mas não ficava com o dinheiro , devolvia o montante à tesouraria , recebendo , em contrapartida , uma quantia bem inferior ao montante formalizado.  “ O restante ficava com a tesouraria que dava o destino dos valores até então ignorados “ disse o promotor.

O que chama atenção são as diárias , segundo apurou o MP no ano de 2009 , os gastos individuais com diaristas somavam , em média R$ 75,00 e R$ 105,00 . Depois de julho de 2009 esses valores passaram a ultrapassar de R$ 1 mil até R$ 7 mil , em 2014.  

O que o MP apurou não param por ai , dano ao erário no período de R$ 1, 1 milhão   “ Uma simulação , voltada para lesar os cofres públicos . No máximo cada pessoa recebeu um salário-mínimo , voltado para lesar os cofres públicos. “ disse nos autos. 

O Ministério Público requer de imediato bloqueios dos bens dos réus envolvidos até o valor do dano causado aos cofres públicos , entre outras penalidades de multas e direitos políticos cassados.

imagem ilustrativa 

Continue lendo

O racha ganha força, após perder o vereador Francisquinho das Cabaças, em meados de setembro, o Prefeito de Cuité, Charles Camaraense-PPS, pode perder mais um importante nome, dessa vez nada mais, nada menos que o Vice-Prefeito Eliú Pessoa (PP), o fim da dupla Charliú está por um triz. 


O blog já tinha antecipado a ausência do advogado e poeta Tota Pessoa (pai do vice-prefeito) no programa de rádio “Um Novo Tempo”, Aristóteles foi o compositor da versão da letra “ meu amigo Charliú”  bastante tocada na pré campanha de 2016.  


Na semana passada o prefeito Charles tem feito o caminho da volta de alguns aliados de primeira hora, entre eles o ex-vereador show.  O bloco político de Eliú tem se afastado do Prefeito, sinais foram dados na sua ausência na solenidade da última ordem de serviço dada pelo prefeito em Cuité.  

Após a ex-secretária de saúde esposa do vice-prefeito Eliú entregar o cargo por foro intimo  ( recomendação médica), o prefeito não compensou o bloco político do vice-prefeito com outra secretaria. 

Falar de rompimento tão cedo não é motivo de espanto, na Paraíba após as eleições uma boa parte dos vice-prefeitos romperam com os prefeitos, eles alegam de insatisfação com a atual administração que contribuíram chegar ao poder. 

Continue lendo

domingo, 10 de dezembro de 2017

O acidente que deixou duas pessoas mortas na noite do domingo (10), na BR 104 trecho entre Cuité e Nova Floresta, chocou a todos e logo tomou proporções maiores. 


Preenchidos pela revolta diante do grande índice de acidentes de trânsito , quando não ceifando vidas deixando seqüelas , resolveram para que casos como esses que vitimou dois jovens nas motocicletas, um de Cuité e outro de Jaçanã-RN fazer uma campanha para pedir que não mais compartilhe localizações de blitze.

Mais do que isso: Incentivam o aumento no número da fiscalização que ninguém mais dê o indicativo de onde a policia de trânsito está autuando aos amigos que, erroneamente, insistem em andar em desobediência as leis de trânsito. 


Alguns saíram em defesa da não realização de blitz, ao alegar que tomam os veículos do pobre que não tem condições de regularizar a documentação do veiculo, outros acham que a policia só deve ir atrás de jovens que andam em alta velocidade pelas vias e com canos estourados das motocicletas.

O que não se tocam é que a lei é uma só para todos, se a policia não apreender o veiculo irregular, como será penalizado quando o mesmo passar numa lombada eletrônica. Quantos veículos com restrição de roubo não passaria impunemente pelas operações policiais. 

Enquanto se discutir a questão econômica e opinar que as autoridades façam vista grossa para os erros não obedecidos pelo CTB, vidas e mais vidas serão ceifadas na rodovia da morte BR 104 no trecho entre Cuité e Nova Floresta. 

Não foi falta de educação de trânsito, foi criado os Amigos do Trânsito do Curimataú-ATC desde o ano de 2015, através do ATC foi levado para Cuité várias ações educativas de trânsito entre elas a PRF realizou a FETRAN nas escolas . O mais ainda lamentável é a exploração das operações com ilações politicas partidárias , e não tem respeito pelas famílias que perderam seus entes queridos para a violência no trânsito. 

Avisar pontos de blitz pelo whatsapp. é crime previsto no Código Penal e existe punição. 

foto facebook 


Continue lendo

sábado, 9 de dezembro de 2017

O vereador Maurilhão (PPS) tem sido alvo dos ataques do fakes nas redes sociais , segundo ele alguns vem de dentro da igreja  ( não citou a denominação ) e já sabe quem  se esconde por trás de um dos perfis falsos . 

Maurilhão lamenta que parte de uma pessoa que se diz cristão , usar de forma sorrateira os ataques  , segundo ele são cinco ou seis fakes usados para destorcer os fatos ,  "cedo ou tarde serão descobertos e responderão por injúria e difamação" disse o vereador.

Os perfis falsos foram criados para influenciar politicamente as pessoas , ataques são direcionados a pessoas ligadas ao bloco político do prefeito Charles ou para aqueles simpatizantes da gestão.  Segundo o vereador a máscara está caindo , em breve a farsa será revelada. 

É  lamentável a politica de Cuité se pautar por perfis falsos nas redes sociais , não acrescenta só diminui . Perfil falso é pior que anonimato onde na maioria das vezes fala a verdade e não quer mostrar a cara com medo de perseguição política . A oposição é salutar e tem uma responsabilidade muito grande de fazer o contraponto dentro dos preceitos republicanos. Mas como diz o velho ditado :"cada um dá aquilo que tem" .

Continue lendo

O ex-prefeito de Cuité emparedou o presidente da Câmara Municipal de Cuité, no Programa de Rádio na 89 FM Cuité na tarde deste sábado (9) . Segundo Bado se ele fosse o presidente da Câmara a casa legislativa seria outra. 


O prefeito Charles aproveitou o gancho e fez um afago ao presidente da Câmara Geraldo Leite, “ Diferente do que ele pensa à respeito do presidente , acredito que Geraldo Leite está fazendo um bom trabalho à frente do legislativo “. Disse . 


Mesmo reduzindo as sessões apenas uma vez por semana o clima continua tenso  na Câmara, as sessões ordinárias têm sido bastante acaloradas por diversos aspectos entre eles a quebra de palavra, matérias não votadas e quando votadas  sem ampla discussão entre as próprias  bancadas. 

A puxada de orelha em Geraldo Leite  não foi merecida , o presidente da Câmara de Cuité não tem sido omisso aos problemas enfrentado no plenário , apesar de tomar medidas consideradas duras a exemplo de  requisitar o BOPE para acompanhar uma sessão e em outra audiência pública usou o aparelho celular em viva voz para atender a recomendação da ex-prefeita . 

Sabe aquele velho ditado que a orelha esquentando é quando alguém está falando mal de você , pois bem a orelha do Presidente da Câmara deve estar vermelha da cor de fogo, depois do puxão de orelha que se propagou no vaco nas ondas de rádio. 




Continue lendo

Falta de prestação de contas do programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) do Governo Federal em Cuité, os recursos estão bloqueados desde o ano de 2013 na então gestão da ex-prefeita Euda Fabiana. 


O  Secretário  de Educação Kleyton Samuel Lima Souza, disse que foram encontrados  arquivos incompletos para prestação de contas e as irregularidades encontradas tem provocado prejuízos aos cofres públicos e as escolas do município. 


Os recursos do Programa Dinheiro Direto nas Escolas-PDDE são transferidos de acordo com o número de alunos, censo escolar do ano anterior do repasse.  Diversas escolas da rede municipal de ensino foram encontradas com as estruturas físicas em ruínas.

Segundo o Secretário Kleyton a PGM entrou com representação no Ministério Público Federal contra as irregularidades e fraudes nas prestações de contas dos Conselhos Escolares das Escolas Municipais, as quais estão prejudicadas sem receber recursos do FNDE, por meio do Programa PDDE. 

“A soma do prejuízo do bloqueio dos recursos, acarretou mais de R$ 100 mil reais as Escolas do Município, devido à falta de prestação de contas dos recursos recebidos do Programa PDDE”. Disse secretário. 

É preciso investigação do MPF, quem fez parte do Conselho Escolar?  Quem era a diretora da(s) escola (s)?  Acusados de ter cometido uma série de irregularidades, que vão desde fraude ao desvio de verbas do PDDE.

O Programa  consiste na assistência financeira às escolas públicas da educação básica das redes estaduais, municipais e privadas especial mantidas por entidades sem fins lucrativos.  O objetivo desses recursos é a melhoria da infraestrutura física e pedagógica, o reforço da autogestão escolar e a elevação dos índices do IDEB. 

Continue lendo

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Há dois anos o vereador Evanuel junto com Sindicato Rural de Cuité e a Prefeitura na gestão da ex-prefeita Euda Fabiana (PMDB) cavaram vários buracos para fazer cisternas na zona rural do Bujari, segundo líder comunitário Clodoaldo Pereira esses reservatórios d´água foi promessa de campanha. 


Diga-me com quem tu andas e te direi quem tu és, bastou o vereador Evanuel se aproximar do Senador Cássio para cavar buraco e abandonar a obra, foi assim que o ex-prefeito Bado apelidou carinhosamente o então governador Cássio Cunha Lima de Governador Tatu só cavou buraco para fazer saneamento básico em Cuité e depois sumiu. 


Até hoje o Senhor Edval do Bujari espera sua cisterna, há dois anos que o vereador Tatuzinho Evanuel cavou o buraco e esqueceu-se de levantar a cisterna.   Os Buracos ficaram, mas cadê o dinheiro das cisternas?  A única cisterna  feita foi de uma escola na comunidade, depois de muita cobrança em virtude do perigo do buraco aberto.  

Continue lendo

Muito grave a denúncia do Vereador Maurílio Macedo (PPS), em um vídeo bombástico que circula nas redes sociais ele abriu a boca e contou “quase” tudo e revela que na gestão do PMDB de Cuité tinha uma rede de corrupção onde alimentava fantasmas em alto escalão.


No vídeo o vereador Maurilhão desafia a cúpula do PMDB de Cuité marcar um encontro nos tribunais para o confronto e comprovar a Rede de Corrupção, segundo o parlamentar está munido de documentações que comprova.


Independente de o acusado acionar o  vereador  na justiça, esse vídeo tem que chegar ao Ministério Público e CAEGO.  Não se pode ficar apenas em acusação quando se trata de suposta lesão ao dinheiro público, quem recebeu salários indevidamente que devolva e responda judicialmente pelo crime ao patrimônio.  

Quem fazia parte dessa suposta rede de corrupção no alto escalão  ?   Se foi na gestão do ex-prefeito Bado ou da ex-prefeita Euda Fabiana ?  Quem acusa tem o ônus da prova.

É preciso chegar ao MP a grave denúncia, que seja investigado e os fantasmas apareçam para colaborar através da delação premiada.


Continue lendo

O Vereador Ataíde Xavier de Picuí , sentou a lenha no Prefeito Olivânio (PT)  ao dizer que o gestor está metendo a mão no dinheiro dos aposentados do município . “Se continuar assim ninguém vai se aposentar” disse Ataíde. 

O último levantamento do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE) o déficit previdenciário dos municípios no País é de R$ 100 bilhões e na Paraíba é de R$ 10 bilhões.

A divida com a previdência dos dois maiores municípios da região do Curimataú, Cuité e Picuí resultarão em um colapso. A alternativa é procurar medidas urgentes , TCE orienta o investimento em fundos específicos de capitalização, poupança para custear a previdência. 


“ O Prefeito de Picuí está metendo a mão sim “ alerta o vereador Xavier.  De fato mês a mês se tem uma redução do dinheiro dos aposentados picuienses, conforme o SAGRES.  “Uma seqüência de desfalques altíssimos no IPSEP , vamos provocar o MP ” completou.  

A marca da gestão do petista Olivânio é governo da participação , com andar da carruagem com essa queda da receita do instituto previdenciário  é preocupante , pois o futuro compromete a aposentadoria do servidor municipal.  


Continue lendo

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

A vereadora Rafaela Camaraense esclarece os fatos da tamanha repercussão da última sessão ordinária na Câmara Municipal de Cuité, onde foi colocado em votação o PL 1.111 que versa sobre o ISS. Segundo a vereadora ela é defensora da lei, sempre teve seus pronunciamentos baseado na legislação vigente, “ e na última sessão não foi diferente “ disse a parlamentar. 


A calorosa sessão para discutir o Projeto de Lei 1.111 oriundo do executivo que tratava sobre a adequação do código tributário municipal segundo a vereadora Rafaela da forma que o líder da bancada de oposição colocou em votação, sem ampla discussão foi inescrupulosa.

O Vereador Renan Furtado se fosse hoje fazer a prova da OAB seria reprovado, desconhece a Lei Complementar n. 157/2016 ou se faz de rogado. Para quem estudou direito , ocupa um parlamento é relator da  Comissão de Finanças não se concebe deixar o município ao arrepio da lei.  A cúpula do PMDB de Cuité costuma interferir nas decisões da Câmara ,e quase sempre trabalha para o quanto pior melhor. 

Vozes do Além costuma ecoar na Câmara dos Vereadores de Cuité, na última vez foi ouvida em “Viva Voz” do Smartphone do presidente da casa.  

O Projeto de Lei –PL buscava tão somente regulamentar o ISS (Imposto sob qualquer serviço) em Cuité , em consonância com a Lei complementar n. 157/2016 do Governo Federal.  “Compreendo perfeitamente que haja reticência o que é normal de um parlamento quando se trata de onerosidade, contudo o projeto em questão era uma adequação a legislação federal, portanto cabe dizer que o município é obrigado a se ajustar “. 

A vereadora revelou que antes da sessão as bancadas dialogaram em uma reunião interna para discutir o projeto e dirimir dúvidas, e nessa reunião ficou acordado entre as duas bancadas que o projeto em questão seria colocado em votação posteriormente, mas surpreendentemente e irresponsavelmente o projeto foi posto em pauta desonrando o acordo firmado em reunião. 

O Day after, da tumultuada sessão apesar do líder da oposição negar, ele recebeu um puxão de orelha de alguns vereadores da oposição, incluindo o vereador Laércio que se mantém na bancada oposicionista, mas não gostou da atitude do seu líder na Câmara.

Todo projeto que vise onerar o contribuinte é preciso ser amplamente discutido, foi assim na Câmara Municipal de Picuí, por lá a polemica foi grande, porém foram responsáveis apesar das extremas divergências com prefeito, aprovaram por unanimidade o que é de consonância da lei federal, observado as particularidades dos segmentos do comércio. 

“ Infelizmente apenas o município é quem perde com a perseguição política, sai da sessão consternada pelo fato de que a população cuiteense está  sofrendo com essa opressão a gestão do Prefeito Charles, que tem procurado o desenvolvimento do município”. Finalizou Rafaela.  
.

Continue lendo