7 DE SETEMBRO ZERADO EM CUITÉ


A independência em Cuité, não foi comemorada neste 7 de Setembro. Sem desfile, sem alvorada nem um carro de som tocando o hino nacional. Na dúvida da impessoalidade o evento foi adiado , pelo menos neste feriadão , onde Cuité recebe seus filhos que reside fora do município . A acirrada  campanha eleitoral atrapalhou a marcha, segundo fontes para não se transformar o verde e amarelo no exército vermelho.

 Na independência  podemos dizer que a política chega exatamente a 1 mês ( 7 de Outubro) para o veredicto  final . Lamentavelmente o nível de campanha ainda se esbarra a ataques pessoais, pedido de direito de resposta e Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) propostas que é bom ainda são poucas.

A morte do vaqueiro , chamado grandão foi grande o suficiente para cancelar as atividades de rua do PSB no 7 de Setembro. Os ataques velados vêm da gestão que procura a reeleição, pode ser uma estratégia para a oposição usar seu tempo no guia, para responder os ataques e perder tempos preciosos.

Em Cuité, presenciei todas as convenções, de lá pra cá volto in loco em Cuité visualizando outro cenário. O acirramento eleitoral é um retrato além deste pleito., as eleições de 2012 são um prenúncio para 2014 e 2016, para o PMDB é tudo ou nada. A síndrome do segundo turno das eleições passadas, onde deu uma acachapante derrota ao grupo do PMDB que impera por mais de 20anos, tem de certa forma colocado a ‘pulga por trás da orelha’.

As pesquisas de consumo interno fazem cada ala comemorar os números. No passeio pela cidade as bandeiras de vermelho são em maior número , por outro lado as amarelas resistem entre as vermelhas, porém em maior número são as casas sem cores ,sem bandeiras e a oposição sustenta que são elas   entre outras casas camufladas de vermelho ,darão vitória do amarelo.

Faltam exatamente 29 dias que serão uma eternidade, fatos relevantes serão determinantes para alterar quadros, os discursos estão radicalizados principalmente pela situação; o que pode passar a ideia de se encontrar em situação desconfortável. Em Cuité se mostra dois candidatos competitivos, a incógnita são os novos jogadores “Tárcio e Diego” pela primeira vez numa campanha, inegavelmente se mostram a revelação na política local. Do outro Bado Venâncio ainda leva a campanha de Euda , que  se configura como a maior liderança.

A campanha está aberta, ninguém é Peru para morrer nas vésperas, porque processo eleitoral se pode vencer ou perder  nas vésperas. A verdade que a bandeira da independência não é falta de patriotismo , o problema é que das independências que eu conheço a do Brasil foi longe , mas sem graça nenhuma mudanças radical foi notada, as coisas ficaram do jeito que eram mesmo tanto fez como tanto faz.


Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.