ONDE ESTÃO AS ONGS DA SECA ?


Bastou passar as eleições para começar  a ladainha da seca ,  a falta de chuva   tem prejudicado o nordestino, os animais sendo dizimados , mas  bem pouco tempo as eleições municipais aconteceram em meio a uma seca e poucos políticos falava da estiagem. As carreatas,   a festa da democracia  :  galinhada ,  feijoada e churrasco. Nos arrastões choviam de gente os palcos políticos substituíam as carrocerias de caminhões, gastaram milhões em fogos e a seca no esquecimento.

A única fonte pra matar a sede no período das eleições, foi usar máquinas para fazer barreiros em troca de um aceno político, perfuração de poços na busca do voto. Enfim continua a indústria da seca para fins políticos, atravessamos a maior seca dos últimos 30 anos e desde que entendo de gente, os projetos são os mesmos ‘paliativos’ .

A transposição do rio São Francisco começou mais não terminou se não concluído será  mais um elefante branco que o governo federal alimenta com nossos impostos.  

A juventude na estase, e ainda em plena seca se  promove   vaquejada da vaca maga com bandas de forró do momento; que  saudades de Luiz Gonzaga. E as Ongs ?

Transcrevo o texto para reflexão:

Vítimas da seca!

Quantos? 10 milhões.
Sujeitos à fome? Sim.
Passam sede? Sim.
Subnutrição? Sim.
ONGs estrangeiras ajudando: Nenhuma!

Índios da Amazônia.
Quantos? 230 mil
Sujeitos à fome? Não
Passam sede? Não
Subnutrição? Não
ONGs estrangeiras ajudando: 350.

Provável explicação:
A Amazônia tem ouro, nióbio, petróleo, as maiores jazidas de manganês e ferro do mundo, diamante, esmeraldas, rubis, cobre, zinco, prata, a maior biodiversidade do planeta (o que pode gerar grandes lucros aos laboratórios estrangeiros) e outras inúmeras riquezas que somam 14 trilhões de dólares.

O nordeste não tem tanta riqueza, por isso lá não há ONGs estrangeiras ajudando os famintos

Tente entender: Há mais ONGs estrangeiras indigenistas e ambientalistas na Amazônia brasileira do que em todo o continente africano, que sofre com a fome, a sede, as guerras civis, as epidemias de AIDS e Ebola, os massacres e as minas terrestres.
Agora, uma pergunta:

Você não acha isso, no mínimo, muito suspeito?
É uma reflexão interessante ou não é???
  
Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é considerado um líder comunitário dos mais atuantes em sua região no Bessa, com ampla participação nas comunidades ao redor, também foi presidente da Associação de Moradores no Condomínio Valparaíso. Suas ações consiste em fazer a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas sociais, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Complementando sua indagação, cadê os artistas nordestinos que não se mobilizam para chamar atenção da mídia para este problema ?!

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre esta publicação.