BURRO ELÉTRICO E PROJEGUE

Considero maus tratos, som alto pode causar danos à audição do animal. O ‘Burro Elétrico’ é uma invenção de um desconhecido no sertão, segundo o Blog Folha do Sertão essa é uma criatividade associada à tecnologia para esquecer a seca no sertão. Outra novidade é o Projegue um programa para comercialização e exportação do animal.

A  ideia do ‘burro elétrico’  foi montar uma boa caixa de som equipada com quatro alto-falantes e dois twitter e trocar pela cangalha que geralmente é usada no burro para carregar água ou alimentos para os animais.

O  Brasil tem estudado  um acordo com a China para exportar burros e assemelhados jumentos do nordeste , onde servirão de cortes para fábrica dos chineses fazer produtos de beleza e etc.

Rio Grande do Norte é o primeiro estado nordestino que exportará o Jegue , que ficou esquecido como meio de transporte após as motos aparecerem. O nosso jegue agora vai ter valor , poderá entrar em extinção pela lei da oferta e procura dos chineses  que abate em média 1,5 milhão de burros ao ano.


Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é considerado um líder comunitário dos mais atuantes em sua região no Bessa, com ampla participação nas comunidades ao redor, também foi presidente da Associação de Moradores no Condomínio Valparaíso. Suas ações consiste em fazer a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas sociais, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.