terça-feira, 11 de dezembro de 2012


A Polícia Civil (PC) em Sergipe deve investigar o vazamento de um vídeo onde um o pastor da Igreja Assembleia de Deus filmou os momentos que pratica sexo com uma fiel. A mulher, de 35 anos, mãe de quatro filhos é casada com um policial sergipano e também teria aceito ser filmada em um quarto de um motel, praticando o adultério.


O pastor Manoel Macambira de Brito, o “Dedé” já comandou durante vários anos a igreja localizada no Povoado de Capim Grosso, na zona rural de Canindé do São Francisco, interior sergipano.

O vídeo, de 15 minutos – com cenas fortes se sexo – foi encaminhado para alguns aparelhos celulares de moradores de Canindé e rapidamente foi colocado na Rede Mundial de computadores – Internet.

O que chama a atenção da polícia é o fato do casal ter filmado o adultério e agora a polêmica está em torno de quem vazou a filmagem comprometedora.

Após o vídeo se tornar público a direção da igreja determinou a expulsão de “Dedé” da congregação. Ao ser procurado na casa onde residia foi descoberto que o agora ex-pastor desapareceu da cidade.

Manoel Macambira é natural de Alagoas, onde já foi preso por tráfico de drogas. Após sua prisão, na década de 90, “Dedé” se tornou evangélico e deixou o Estado indo morar no interior sergipano.

Fonte: Pátio Gospel Noticias


0 comentários:

Acessos ao site

Vote, é legal!

Pesquisar

Carregando...

Compartilhe-me

Receba Email

Mais Lidas

Eu Indico

Tradutor

Vote. É Legal!

Lista de Artigos

Siga-me

Busca Wikipedia

Resultados da pesquisa