LAMENTÁVEL: CRIANÇA MORRE CARBONIZADA EM ZONA RURAL DE GUARABIRA

Uma casa incendiou-se na noite desta segunda-feira (28/01) no sítio Tabocas, zona rural de Guarabira, e vitimou fatalmente uma criança de 4 anos de idade, identificada como sendo, Luiz Fernando. O corpo de bombeiros, que foi acionado de imediato esteve no local e adentrou a residência.
 
De acordo com as primeiras informações de parte de vizinhos, os pais se ausentaram para trabalhar e deixaram três crianças a sós na residência. Foi quando vizinhos se surpreenderam com a casa ‘pegando’ fogo e conseguiram socorrer, pelo menos dois irmãos, Gabriel e e Felipe que têm aproximadamente 8 e 10 anos de idade. Um terceiro irmão, Luiz Fernando, de apenas 4 anos de idade não teve a mesma sorte e morreu carbonizado, encontrado pelos bombeiros.
 
Conforme relatos dos sobreviventes à imprensa, a criança que foi a óbito teria se apossado de uma caixa de fósforos, acendido um palito e logo após teria o jogado contra um guarda-roupa, o qual se tomou de chamas repentinamente, se espalhando por toda a casa.
 
A mãe das crianças, conhecida por Lidiane Francisca da Silva (28 anos) que trabalha no colégio Polivalente em Guarabira, quando soube da tragédia regressou de imediato para a sua casa, e naturalmente ficou em estado de choque. O seu marido, João Paulo, funcionário da empresa Guaraves, até o fechamento da matéria, ainda não tinha chegado.
 
A casa teve perca, quase que total. O corpo da criança deve ser levado pelo Gemol para que seja efetuada a necropsia.
Plugadosnanoticia

Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.