domingo, 27 de janeiro de 2013

LIDERANÇAS NO SENADO E CÂMARA : FORA DO PÁRIO QUEM PERDE É A PB

 
 
Nossa Paraíba perde a grande chance de atrair mais recursos , dois possíveis  lideres : Manoel Júnior na Câmara Federal e Cássio no Senado, ambos abriram a condição da indicação por entraves intra partidário. Cássio pela unidade partidária, para minimizar uma crise, após José Serra apontar o nome do senador por São Paulo, Aloysio Nunes (PSDB), Já Manoel Júnior foi por não contar 100% com a própria bancada paraibana, diga-se faltou à assinatura do deputado Benjamim Maranhão (PMDB). A ironia na política é que:
 Na última eleição presidencial, Cássio foi diretamente responsável pela derrota esmagadora da presidente Dilma (PT) numa cidade de grande reduto eleitoral no Nordeste. Cássio deu expressiva  vitória a José Serra  em Campina Grande ,e agora Serra despreza o nome de Cássio para liderança no Senado. Serra pretende se candidatar pela terceira vez para presidência nas eleições de 2014 com indicação da liderança  Aloysio Nunes (PSDB) , Cássio abre mão da liderança do partido no senado em nome da candidatura do senador por Minas Gerais, Aécio Neves(PSDB) para não perder forças e ser indicado pelo ninho tucano para sair candidato à presidência em 2014.
Já o deputado, Manoel Júnior esteve na quinta (24) em Fortaleza se articulando com nomes para indicar outro lider, uma vez que foi mais uma vez preterido por Maranhão que colocou seu sobrinho Bejinha para não subscrever a lista em nome da liderança de Manoel Júnior (PMDB), lamentável se Cássio está ficando longe da liderança do senado para não ser empecilho para o projeto 2014, Manoel Junior que tinha lançado  voo, teve que aterrissar aqui mesmo no aeroporto   por não contar com o PMDB do seu próprio estado, que insiste erroneamente ter um dono (Maranhão).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.