MODELO ASSASSINADO NA PARAÍBA , LEVARIA TIRO NOS TESTÍCULOS E PERNAS


Estão presos na Central de Polícia, em João Pessoa, quatro pessoas acusadas pelo assassinato do modelo Dalmi Barbosa Filho, 27 anos, na cidade de Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa. O crime ocorreu no dia 22 de dezembro de 2012.  Entre os envolvidos no crime, está uma mulher que seria a mandante do homicídio, segundo os executores a mulher queria que atirasse nos testículos do modelo e depois nas pernas para deixá-lo estéril e paraplégico.

De acordo com o delegado Pedro Ivo, que presidiu o inquérito, agentes da Polícia Civil estavam investigando o caso e constatou que o assassinato teve motivação passional.

Conforme levantamento da Polícia Civil, uma mulher que teve um relacionamento com a noiva de Dalmi, não aceitava o casamento entre eles. Várias ameaças de mortes foram enviadas para o celular de Dalmi e de sua noiva pela mandante do crime.

A acusada de planejar o assassinato foi presa dentro de uma residência na Capital e os outros foram pegos em um veículo Siena prata. Os homens confessaram o homicídio e revelaram quanto receberam para matar o modelo. A arma utilizada no crime foi apreendida.

Pedro Ivo informou que o caso foi elucidado. “Com a prisão do grupo, a gente fecha o caso da morte do modelo”. Uma coletiva de imprensa está marcada para às 09h desta quinta-feira (10), na Central de Polícia de João Pessoa.

Segundo o tenente Agostini, do 7º Batalhão da Polícia Militar, a vítima estava voltando da academia de musculação quando foi abordada por três homens que chegaram em um siena escuro. O crime aconteceu na rua José Vitelino da Rocha, cerca de 400 metros da residência onde Dalmi morava.

A vítima foi atingida com três tiros - sendo um no braço e dois na cabeça. O Serviço de Atendimento Móvel Urbano (Samu) ainda chegou a ir ao local, mas a vítima já estava em óbito. Os bandidos fugiram levando apenas o celular de Dalmi.


Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.