MPPB VAI PRIORIZAR MUNICÍPIOS COM GRAVES PROBLEMAS DE IMPROBIDADE


Municípios paraibanos que apresentam problemas crônicos na área da improbidade administrativa, com irregularidades em obras públicas e gastos com serviços públicos não prestados à população vão ser priorizados pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) e pelo Tribunal de Contas do Estado paraibano (TCE-PB), nas investigações e auditorias para imediata abertura de procedimentos administrativos e criminais.   


“Essa é uma diretriz estabelecida pelo presidente do Tribunal de Contas, conselheiro Fábio Nogueira, para desburocratizarmos os trâmites entre o Tribunal e o Ministério Público. Com isso, vamos agilizar os processos e dar uma resposta mais rápida à população”, explicou o conselheiro André Carlos Torres Pontes, que na tarde desta quarta-feira (6), acompanhado do auditor de contas João Ricardo Sales, esteve no MPPB reunido com o procurador-geral de Justiça, Oswaldo Trigueiro do Valle Filho. 

Na reunião, também acompanhada pelo procurador de Justiça Francisco Sagres, o conselheiro André Carlos entregou ao procurador-geral de Justiça toda a documentação do primeiro município que se encaixa nessa metodologia de dar mais celeridade às investigações e abertura dos processos. “Estamos repassando ao procurador-geral os problemas crônicos relativos ao município de Marizópolis, no período de 2009 a 2012”, informou o conselheiro. 

“Amanhã mesmo (nesta quinta-feira, 7), estarei repassando esse material ao coordenador da Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e à Improbidade Administrativa (Ccrimp), promotor de Justiça Carlos Romero”, informou Oswaldo Trigueiro, ressaltando: “Essa parceria entre o TCE e o Ministério Público já existe, mas vamos intensificar uma ação conjunta nesses casos mais crônicos”.

O conselheiro André Carlos também adiantou que, depois do caso de Marizópolis, outros dois ou três municípios estariam na evidência de serem priorizados pelos órgãos fiscalizadores. “Estamos fazendo um trabalho mais proativo e, no momento, estou envolvido com a relatoria de 25 municípios, sendo que uns cinco ou seis deles tê me dado muito trabalho”, completou André Carlos. História Distante a 450 quilômetros de João Pessoa, o município de Marizópolis está localizado no Alto Sertão paraibano, na região polarizada pela cidade de Sousa, Com uma população estimada em cerca de 7 mil habitantes, o município possui uma área total de 64 quilômetros quadrados. Os primeiros conquistadores do município foram os irmãos Ledo, no ano de 1723. Logo após, houve o incentivo à lavoura, à criação e ao povoamento, por conta da fertilidade do solo, que passou a despertar interesse de pessoas de lugares mais remotos da região, já em 1730.

Fundada pela família do ex-governador Antônio Mariz, a cidade teve o seu nome, antes Pedra Talhada, alterado para Marizópolis, como forma de homenagear a família Mariz. É também conhecida como a “Mesopotâmia do Sertão”, por ser situada entre os Rios do Peixe e Piranhas. 


Assessoria


Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.