O SEQUESTRO DO MEU LOURO


Um papagaio de 33 anos foi sequestrado por um motociclista em Santos, no litoral de São Paulo. ”Loréca’, como era chamada pela família, fugiu para a calçada em frente ao comércio onde costumava ficar há cerca de um ano. Vizinhos viram a cena e tentaram segurar o bicho de estimação, mas não conseguiram. Um homem de motocicleta parou, pegou o papagaio e levou embora, deixando um número de celular que não existe. A dona de ”Loréca” está desesperada à procura do pássaro.


Segundo a comerciante Vanessa Burzichelli, atual proprietária de Loréca, tudo aconteceu na noite de sábado (16). Ela, o marido e o filho saíram do centro automotivo que possuem na Avenida Conselheiro Nébias, em Santos, por volta das 21h, para irem a um aniversário. "Nós não percebemos, mas me disseram que assim que fomos embora o papagaio, que fica solto, saiu da loja através das grades e ficou andando na calçada", explica.

‘Loréca’ não voava e sempre ficou solta.
(Foto: Vanessa Burzichelli/Arquivo Pessoal)

Ela conta que os vizinhos tentaram pegar o pássaro, mas não conseguiram. "Nessa hora passou um homem de motocicleta e se ofereceu para ajudar. Ele jogou um pano em cima da Loréca e conseguiu pegá-la. O pessoal falou que ela tinha dono, que era da loja, só precisava colocar para dentro pela grade. Mas, mesmo assim, ele a trancou dentro de um baú, na garupa da moto, e disse que ia cuidar dela até segunda-feira, depois devolveria. Ele deu um número de telefone e foi embora. Ligamos para o celular, mas dá uma mensagem de que o número não existe", diz Vanessa.

O pássaro de estimação, que veio do estado de Sergipe, está há 33 anos na famíla da comerciante, 10 com o avô, 17 com o tio e seis com ela. Vanessa está indignada e muito triste, não só por ela, mas pelo animal. "A Loréca não voa, ou não sabe que pode voar, então ela não conseguiu escapar dessa pessoa. Mas o que mais me incomoda é o fato de saber que ela deve estar achando estranho e deve se perguntar: ‘Onde está aquele povo todo que sempre viveu comigo? Onde está todo mundo que eu conheço?’. Não é egoismo meu, não é só por causa da minha tristeza, do meu filho ou da família, e sim pela Loréca. A tristeza dela é que me quebra", lamenta.

Vanessa agora espera que uma denúncia ajude a trazer o pássaro de volta. "A Loréca tem três características particulares que podem identificá-la. Quando ela fica assustada, repete a palavra ‘playboy’. Também imita os gritos do Michael Jackson e urina levantando a patinha, como se fosse um cachorro. Se alguém notar uma pessoa que não tinha um papagaio e agora tem, pode ser ela", apela a comerciante.

G1


Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.