PETISTA DIZ " É FEIO QUEM FOR BAJULAR DILMA "



O deputado estadual Anísio Maia (PT) declarou nesta sexta-feira (1) que ficará “com vergonha” se os políticos da Paraíba aproveitarem a vinda da presidente Dilma ao Estado na próxima segunda-feira (4) apenas para “bajularem” a petista.


“Eu quero saber se a presidente Dilma vai chegar aqui na Paraíba e vai ficar um bocado de político querendo ser papagaio de pirata, tirando foto ao lado dela e, alguns até bajulando. E se Dilma sairá pensando que aqui está às mil maravilhas. Porque, se acontecer isso, eu vou ficar com vergonha dessa classe política da Paraíba”, comentou o petista em entrevista ao Correio Debate, da 98 FM.

Anísio Maia se revelou “abismado” com o silêncio das lideranças políticas da Paraíba em relação aos problemas do Estado.

O petista lembrou do movimento levantado pela Assembleia Legislativa da Paraíba para fazer o abaixo assinado denominado ‘SOS seca’, e criticou a falta de repercussão à mobilização por parte da bancada da Paraíba em Brasília.

“A bancada federal fala muito pouco nesse assunto, que é a coisa mais importante no momento”, disse.

Anísio Maia alegou que os governantes do Nordeste se contentam com “migalhas” vindas do Governo Federal.

“Parece até que não temos o direito de cobrar. O Estado Brasileiro tem uma dívida com o Nordeste porque não diminuiu o desequilíbrio nacional em relação ao Sudeste”, afirmou.

Anísio pede empenho para que o Governo Federal crie um fundo exclusivo para combater os flagelos da seca no Nordeste brasileiro.

“Como é que um país que tem quase R$ bilhões em reservas não pode gastar algo em torno de R$ 4 bilhões, ou,  R$ 5 bilhões por ano para criar um programa nacional que resolverá o problema da convivência com a seca. Não tem lógica. Matemática nenhuma explica”, desabafou o parlamentar.


Fonte: MaisPB


Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.