RANCHO DOS POLICIAIS: CEL EULER DIZ QUE GOVERNO ACRESCENTOU


Em se tratando de remuneração, ninguém quer perder um centavo. Por isso que a retirada da gratificação chamada de “etapa de rancho” dos policiais militares que foram promovidos pelo governo na semana passada não pode, claro, servir de motivo pra um policial fazer festa e comemorar a decisão.


No entanto, pra contrapor as acusações feitas pela oposição, que parodiou Augusto dos Anjos insinuando que o governo que afaga é o mesmo que apedreja, o comandante Geral da Polícia Militar da Paraíba, Coronel Euller Chaves, destacou que policial algum da Paraíba deixou de receber auxílio-alimentação.

O que houve, segundo ele, foi a decisão do governo de retirar o “rancho”, no valor de R$ 60, em razão da implantação geral do auxílio-alimentação de R$ 296. Euller destacou que não há como sustentar com duas gratificações com a mesma natureza, tendo o governo optado pelo melhor. “Foi substituída com acréscimo significativo. Ou seja, o policial passa a ganhar o auxílio-alimentação num valor superior ao que ganhava. Fizemos apenas uma revisão, que será adotada em toda polícia de forma gradual”, justificou.

Ele disse que o governo estuda, inclusive, revisar outras gratificações, atualizando os seus valores. Pra cima, garantiu o comandante geral da PM.

Com Luís Tôrres
Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.