TSE ALTERA VAGAS DE DEPUTADOS , FICOU MAIS DIFÍCIL A ELEIÇÃO PARA DEPUTADO NA PARAÍBA


A maioria dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) votou em sessão na noite desta terça (9) a favor da alteração da composição das bancadas dos Estados na Câmara dos Deputados. Com a decisão, a Paraíba deve perder dois deputados federais e seis deputados estaduais já nas eleições de 2014.


A maioria se deu quando quatro ministros votaram pela alteração - um votou contra. O julgamento só termina após os votos dos sete ministros do tribunal. Segundo o ministro Marco Aurélio Mello, a mudança atinge 13 das 27 unidades da federação.

Perdem representação, de acordo com Marco Aurélio Mello, oito estados: Alagoas, Espírito Santo, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul; os que ganham, segundo o ministro, são Amazonas, Ceará, Minas Gerais, Pará e Santa Catarina. Todos os demais estados mantêm o mesmo número de deputados.

O assunto foi levado a julgamento devido a uma petição da Assembleia Legislativa do Amazonas, que pedia o recálculo do número de vagas a que o Estado tem direito na Câmara dos Deputados.

A definição do número de deputados é atribuição da Justiça Eleitoral, com base na proporcionalidade da populução de cada um dos Estados.

Os ministros que votaram a favor da alteração das bancadas levaram em conta dados populacionais atualizados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As atuais bancadas foram formadas com base em dados de 1998.

Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é considerado um líder comunitário dos mais atuantes em sua região no Bessa, com ampla participação nas comunidades ao redor, também foi presidente da Associação de Moradores no Condomínio Valparaíso. Suas ações consiste em fazer a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas sociais, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.