SESSÃO CANCELADA : VEREADORES RECUAM EM FAVOR DO USO DO CAPACETE EM CUITÉ

Imagem do facebook 

Depois da repercussão nas redes sociais sobre a polêmica proposta do vereador, Geraldo Leite (PMDB) onde pedia a proibição do uso de capacete na zona urbana de Cuité, informes chega ao Blog que a sessão especial que tinha como pauta a discussão do tema em tela, marcada para noite desta segunda (06) foi cancelada.  Havia uma articulação da câmara para se fazer um abaixo-assinado, poucas assinaturas também foi um dos motivos, além da falta de comunicação aos poderes constituídos entre eles  o MP (Ministério Público).  

O ato do presidente da casa Manoel Felipe foi bastante infeliz, uma vez que a proposta incitava a transgressão de uma lei federal do código nacional de trânsito, imagine que nesse intervalo   acontecesse  um acidente grave de motocicleta e a vitima sem capacete tivesse traumatismo craniano motivado pelo poder legislativo municipal para  não usar o capacete , isso poderia correr uma ação judicial para quem incentivou o não uso do capacete, o vereador Geraldo Leite apesar de vários mandatos de vereança, neste caso pisou na bola. 

Com capacete sem capacete   onda de delitos  continuam em Cuité. De fato a população está ao” toque de recolher” . O que os vereadores devem fazer é solicitar da segurança pública uma resposta imediata contra os meliantes. Um serviço de inteligência policial que traduza em resposta a sociedade.

Os vereadores devem lutar por políticas públicas inclusivas como o esporte, escola, saúde e moradoria. Esses são os meios de combater a violência com a prevenção. Geraldo Leite deveria solicitar através de requerimento ao governo do estado uma construção de um centro de tratamento a dependentes químicos na região do curimataú paraibano . No  final da tarde foi registrado sequestro relâmpago em Cuité, esses estavam encapuzados e no veículo (celta) , o problema da violência não é o capacete a fumaça é outra. 

Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é considerado um líder comunitário dos mais atuantes em sua região no Bessa, com ampla participação nas comunidades ao redor, também foi presidente da Associação de Moradores no Condomínio Valparaíso. Suas ações consiste em fazer a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas sociais, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.