STRIP-TEASE EM FUNERAL


Qual é a última coisa que você esperaria ver em um funeral? Então, talvez um strip-tease não seja a primeira coisa que veio em sua mente. Aparentemente, em Taiwan, levar uma stripper para o funeral é uma parte importante do processo de luto.


O Funeral Strippers de Taiwan provavelmente teria permanecido um mistério para o mundo ocidental, se não fosse os esforços do antropólogo Mark L. Moskowitz, que queria mostrar que essa cultura é verdadeira. Seu documentário de 40 minutos, Dançando para a morte: Funeral Strippers em Taiwan, lança luz sobre a prática bizarra através de entrevistas com strippers, funcionários do governo e pessoas comuns.

Funeral strippers são, aparentemente, uma parte muito grande da cultura de Taiwan, especialmente em áreas rurais. Até meados dos anos 80, este tipo de performance ocorria por toda a ilha, mesmo na capital de Taipé, mas depois que as autoridades aprovaram leis contra ele, desapareceram de assentamentos urbanos. As leis não são tão fáceis de aplicar e as pessoas parecem gostar de ir a um funeral sabendo que vai ter algum entretenimento adulto. As strippers chegam geralmente na parte traseira de caminhões diesel conhecidos como Flower Car Electric, e dançam na frente dos mortos e seus pranteadores. As meninas vestidas com trajes sexy fazem pole dance, cantam, e algumas até descem para interagir com o público (sentam no colo, esfregam seus seios, etc.)

fonte Diário Insano 
Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é considerado um líder comunitário dos mais atuantes em sua região no Bessa, com ampla participação nas comunidades ao redor, também foi presidente da Associação de Moradores no Condomínio Valparaíso. Suas ações consiste em fazer a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas sociais, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.