quinta-feira, 19 de setembro de 2013

EX-SECRETARIA DE SAÚDE AVALIA A GESTÃO DE CARTAXO ATÉ AGORA INEXPRESSIVA

A ex-secretaria de Saúde de João Pessoa, Roseana Meira (Sem Partido), confessou estar frustrada com a administração do atual prefeito Luciano Cartaxo (PT). Apesar de admitir que há continuidade na gestão na questão das obras, Meira explicou que continuar obras era inevitável, mas lamentou a falta de engajamento no projeto político do ex-prefeito Luciano Agra (PEN).“Não é a questão do projeto do ponto de vista de construção. Eu estou falando do projeto político. Esse realmente não tem continuidade. Até porque ninguém dá o que não tem.
Você só pode dar alguma coisa que você conheça e tenha capacidade de continuar”, pontuou.Em relação ao que a Prefeitura de João Pessoa tem feito em termos de construções, a ex-secretária explicou que ações eram praticamente inevitáveis. “A construção física a arquitetura estavam prontas e a licitação feita. Essas ordens de serviços de Unidade de Pronto Atendimento do Valentina e Cruz das Armas, já estavam até licitada, era só a construtora começar, porque o recurso era a partir de 2013”, frisou.Tentando explicar qual era a queixa pela falta de continuidade política, Meira disse: “Não adianta entregar uma construção já pronta...  Agora mesmo vai ser entregue a UTI do Valentina, UTI pediátrica que nós deixamos até os móveis comprados, com recursos garantidos do Ministério da Saúde, isso aí vai até por osmose, independente de qualquer coisa.

A cirurgia de catarata que foi feita uma propaganda e se gastou R$ 200 mil de outdoor, a licitação estava pronta e nós já fazíamos a cinco anos.”, argumentou.  Segundo a ex-secretária, Cartaxo estava devendo algo muito maior do que dar continuidade a ordens de serviços e investimentos já disponibilizados pelo Ministério da Saúde. Sem ser direta, mas deixando claro a insatisfação com a administração petista, a ex-secretária desabafou: “Estou falando de uma construção de política”, finalizou

Com Portal do tony 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.