LEI DA FICHA LIMPA EM CUITÉ, COMPROVA QUE RENAN FURTADO NÃO É VEREADOR DE MEIA TIGELA

A justiça negou pedido de afastamento do secretário de Interiorização do Estado, ex-prefeito Carlos Antônio que é ficha suja, mas não se enquadra dentro da Lei da Ficha Limpa do Governo do Estado, pois a Lei não tem legitimidade, uma vez que tramitou de forma errada do Legislativo para o executivo, assim como se fez o executivo em Cuité, onde o líder da prefeita e relator da comissão de constituição e justiça, Renan Furtado rejeitou o projeto do vereador Vicente Filho, por obter vicio de iniciativa, logo a prefeita Euda Fabiana enviou o projeto de forma legal que foi aprovado por unanimidade na casa Manoel Felipe. 

Na época o vereador, Renan Furtado foi duramente criticado, principalmente no auge dos protestos nas ruas, a coragem e sabedoria fez com que o vereador não deixasse passar uma lei a toque de caixa sem que tenha sua eficácia, pois é o que acontece a Lei no governo do estado da Paraíba.

O vereador , Renan ainda foi alvo de ataques do radialista , Célio Alves quando defendia a permanência do Batalhão em Cuité, o radialista Célio chamou Renan de vereador de  meia tigela, que não sabia legislar , o adjetivo não valeu para Renan Furtado mesmo sendo menosprezado por ser  vereador de uma cidade do interior , soube legislar mais do que os deputados que aprovaram e criaram na Assembleia uma lei inócua .

O juiz João Batista Vasconcelos, da 6ª Vara da Fazenda Pública da Capital, negou pedido de liminar para afastar o secretário de Interiorização do Estado, Carlos Antônio, por ser ficha suja. A ação contra o gestor foi proposta pelo deputado Antônio Vituriano de Abreu (PSC), com base na lei estadual da Ficha Limpa nº 9.227/2010, de autoria do deputado Raniery Paulino (PMDB). “Quem tem legitimidade para propor a lei da Ficha Limpa é o Executivo”, afirmou o juiz.
  

Na época várias matérias sobre a aprovação da lei da ficha limpa foi amplamente divulgada inclusive pela mídia nacional , o então  governador em exercício da Paraíba, Luiz Silvio Ramalho Júnior, sancionou a lei que exige Ficha Limpa dos secretários de Estado, ordenadores de despesas e diretores de estatais, fundações, autarquias e de sociedades de economia mista. Agora é preciso rever a constitucionalidade da lei e o atual governador , Ricardo Coutinho enviar a ALPB.  


Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é considerado um líder comunitário dos mais atuantes em sua região no Bessa, com ampla participação nas comunidades ao redor, também foi presidente da Associação de Moradores no Condomínio Valparaíso. Suas ações consiste em fazer a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas sociais, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.