NOVO JÚRI DO CASO DO EX-PREFEITO ITÓ MORAIS , DELEGADO DE CUITÉ REVELA QUE UM DOS ASSASSINOS ESTEVE EM BARRA DE SANTA ROSA E SE ENCONTRA DESAPARECIDO


Na próxima quinta-feira (26), será o julgamento de Milton Cirilo da Silva Júnior, último acusado de participação na morte do ex-prefeito de Santa Luzia, Itó Morais e do seu motorista, João Ribeiro, covardemente assassinados em uma emboscada no 25 de Maio de 2002. O acusado Milton tinha sido absolvido, no entanto a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba acolheu um recurso de apelação do Ministério Público e determinou novo júri.  O atual delegado de Cuité Dr. Durval Barros foi o delegado que elucidou o caso.

Um dos autores do crime o Ninão após cumprir pena foi assassinado em João Pessoa, segundo o delegado Durval o outro acusado de execução foi Everaldo que após cumprir pena se encontra desaparecido e ainda é acusado de envolvimento de um assassinato em 08 de Agosto de 2012 em São Vicente do Seridó. 

“Uma irmã do Everaldo Domingos de Oliveira, na época do período das eleições de 2012 compareceu a delegacia de Barra de Santa Rosa relatando que o Everaldo tinha telefonado para familiares que se encontrava em Barra de Santa Rosa e estava adquirindo uma moto de uma pessoa chamada por Marcão, na época a policia efetuou diligências, mas até hoje não se sabe do paradeiro do Everaldo” disse o delegado, Durval.

O caso de Itó Morais teve repercussão nacional e a policia federal também participou das investigações, Já foram a julgamento Edmilson Nunes Paredes, o “Ninão”, que em 2007 foi condenado a 28 anos de reclusão pelo Tribunal do Júri Popular de João Pessoa, o empresário Joacil Jairo, Everaldo Domingos de Oliveira, Luciano Tavares, José Antonio de Carvalho e Linaldo Dantas, este último apontado como intermediário dos contatos com os pistoleiros.

Após desvendar o caso o delegado, Durval foi nomeado na época do governo de Cássio Cunha Lima como Superintendente da 2ª SRPC no período de 2001/2003. Atualmente é delegado de Cuité que integra a área da 13ª AISP.

“Itó Morais e seu motorista João Ribeiro foram alvejados com vários tiros de revólver disparados por dois pistoleiros, quando retornavam de uma festa. Eles foram emboscados na entrada da chácara “Gabriela”, onde residia o ex-prefeito, relembrou o delegado Durval. 

Dema Macedo 
Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.