BADO PEGA CARONA NA FALA DE GRACINHA PARA APONTAR A LENTIDÃO DE OBRAS DO GOVERNO DO ESTADO

A fala da gerente da 4ª Região Geo Admistrativa, Maria das Graças (Gracinha) é repercutida pelo deputado estadual, Bado Venâncio na tribuna da AlPB.  O deputado pegou o gancho de uma entrevista que segundo ele, Gracinha tinha concedido a mídia local (curimataú). “Maria das Graças falou que a Escola Estadual Orlando Venâncio, está passando por uma reforma para construção de quatro laboratórios e a obra caminha lenta e foram paralisadas por diversas vezes”. 

De fato algumas empresas vencedoras de licitações, estão precisando vários puxões de orelhas, não só das lideranças e gerente regional de educação, mas também por parte do gerente regional do Orçamento Democrático da região que não se vê  acompanhado de conselheiros do ODE no campo, fiscalizando o andamento de obras.

Propositalmente como bom opositor , Bado frisou apenas um dos trechos da entrevista que  Maria das Graças concedeu, porém é salutar destacar que Gracinha mencionou  as obras em ritmo acelerado da escola Técnica Estadual que estar sendo edificada em Cuité. De fato outras obras de escolas como a da Serra do Bombocadinho e do Sossego andam a passos lentos e a do Vidal de Negreiros ainda não saiu do papel. 

Para o bem da verdade a empresa que executa a obra de reforma e ampliação da Escola Orlando Venâncio em Cuité tem sido retardada e se observa ao longo dos serviços até falta de material. No projeto a escola ganhou nova calçada ao seu entorno , mas não se vê uma rampa de acessibilidade a não ser a rampa íngreme na entrada principal.

Muitas empresas que participam de licitações públicas não têm cumprido prazos, porém uma das maiores dificuldades é a questão de mão de obra que anda escassa, mediante a grande demanda na habitação com construções do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) o que faz pensar até em contratação de mão de obra estrangeira para suprir a falta de material humano no país.

Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é considerado um líder comunitário dos mais atuantes em sua região no Bessa, com ampla participação nas comunidades ao redor, também foi presidente da Associação de Moradores no Condomínio Valparaíso. Suas ações consiste em fazer a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas sociais, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.