ONDA DE ATAQUES AOS IDOSOS EM CUITÉ

Ontem , terça(01) de Outubro foi o dia do Idoso, comemora avanços importantes como o estatuto do idoso, infelizmente algumas famílias em Cuité não puderam comemorar diante da violência contra idosos. Meliantes atacam idosos a luz do dia para assaltar, um idoso foi ferido a facada por um assaltante no mercado público, no mês passado a mãe do deputado Bado foi covardemente agredida e tomaram sua bolsa por assalto. O 9° BPM precisa dá uma resposta a sociedade que fica perplexa e refém dos agressores.

A expectativa de vida nos últimos anos vem se alargando, em média de 73,4 anos.  Mas a violência contra o idoso tem aumentado além de violência doméstica os idosos de tornaram alvo de ataques de meliantes, para subtrair o dinheiro da aposentadoria. Este tipo de violência deveria ser crime hediondo. 

Comunidades de destino, para vivencia de ser uma pessoa idosa, plantaram para colher o fruto da conquista do direito de envelhecer, não se concebe no interior da Paraíba numa cidade pacata como Cuité, tanta violência contra o idoso.  Acredito no potencial de investigação do delegado, Durval assim como da ação ostensiva do comando do Major Galvão que os agressores aos idosos em Cuité, serão presos. 

Muitos dos idosos reservam o dinheiro para comprar seus medicamentos, outro grande assalto são os elevados impostos sobre os medicamentos, que deveriam ter uma redução dos impostos sobre os medicamentos para os idosos. 

Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Ora, o governo não está nem aí para o idoso. Permite que os coitados sejam roubados até mesmo por familiares com esse tal de empréstimos desenfreados.

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre esta publicação.