TRE-PB : ADIADO O JULGAMENTO DA AIJE QUE TRAMITA CONTRA A PREFEITA EUDA FABIANA

Adiado o julgamento da AIJE n. 46676, que tramita na corte do Tribunal Regional Eleitoral da PB, prevista para tarde desta quinta (14) pedindo cassação da prefeita de Cuité Euda Fabiana (PMDB) o julgamento ficou para próxima quinta-feira , a denuncia  foi movida pela coligação que perdeu as eleições de 2010 com quase dois mil votos alegando que uma retro escavadeira estava a serviço da prefeitura fazendo um barreiro em período eleitoral com intuito de captação ilícita de votos.  O líder da prefeita de Cuité, o bacharel em direito Renan Furtado disse que a prefeita se encontra tranqüila, uma vez que em primeira instância o julgamento foi  improcedente e o Ministério Público manteve desprovimento de recurso da coligação opositora  e do candidato Tárcio Pessoa. 


Na época a máquina (retroescavadeira)  foi apreendida pela justiça eleitoral , para impedir o suposto crime eleitoral.  Renan Furtado afirmou que isso é perseguição de derrotado, querendo ganhar no tapetão,e acredita que  a corte acompanhará o mesmo entendimento do MP onde inocenta a prefeita. “Depois a oposição reclama de ouvir os fogos nas sucessivas vitórias de Bado e Euda.” Finalizou o líder da prefeita na câmara. 

Um “Tapete Vermelho” na cor do PMDB de Cuité, onde a justiça eleitoral impediu que a retroescavadeira continuasse em funcionamento no  processo eleitoral, assim como uma perfuratriz do governo do estado que foi apreendida para que o pleito não fosse influenciado em alguns municípios. 

Urge  a reforma política, tão esperada para acabar de vez a reeleição e ampliar o mandato para cinco anos ; para que o processo eleitoral não seja maculado de ações na justiça , é inegável quem estar no poder levar vantagem na disputa, porém quando o povo quer mudar ou continuar proporcionalmente a ultrapassagem das casas decimais de maioria de votos  contam mais . 

Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Engraçado nos dias de hoje, favores, dinheiro e etc... Não compra e nem obriga gente a votar. Hoje meus queridos, o povo independente do que lhes ofereça ou não vota em quem quer. Portanto quem se vende são os próprios políticos.

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre esta publicação.