LOA : BADO CULPA LINDOLFO PIRES PELO ADIAMENTO E PODE SER ESTRATÉGIA DE UM CASSISTA CONTRA RC E EM RESPOSTA A INVASÃO DE SUA BASE POR ESTELA

O deputado estadual, Bado Venâncio que faz parte da comissão de constituição e justiça da ALPB tem intensificado o mandato no estudo nas legalidades das leis, filtrando seu parecer para que a Assembleia não envie leis com vicio de iniciativa ou ditas inconstitucionais para o executivo, da mesma forma rebateu nesta segunda (13) o atropelo do deputado estadual Lindolfo Pires (DEM) ao apresentar emendas onde o prazo já expirado, causando o novo adiamento para votação da Lei Orçamentária Anual (LOA) que já deveria ser votada.


“O prazo para se apresentar emendas já havia expirado e gerou todo esse tumulto. O orçamento devia ter sido votado para incluir o que foi determinado pelo STF, sobre os recursos para a defensoria publica. Os demais itens ficariam inalterados. O orçamento já estava em processo de votação quando a proposta do governo foi apresentada e gerou todo esse tumulto”, explicou Bado.

Qual foi a estratégia do deputado da própria base governista apresentar emendas fora de prazo causando mais um adiamento da LOA, que pode prejudicar o andamento de obras estruturantes para o estado. O deputado pode estar fazendo gol contra para atrapalhar o próprio governo, se essa linha de pensamento fecundar , seria uma ação de um cassista contra RC e em  resposta para o governador quando Estela Isabel invadiu sua base política.








Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.