MARANHÃO DEU RÉ E NÃO DEFENDE ALIANÇA PMDB E PSDB

O ex-governador e presidente estadual do PMDB, José Maranhão, deu ré depois da última declaração numa emissora de rádio em Picuí e inicialmente postado pelo radialista de Cuité, Flávio Fernandes logo depois repercutido por portais no estado, onde Maranhão disse que o PMDB poderia se unir com PSDB nas eleições de 2014 para derrubar o governador Ricardo Coutinho. 



Voltou atrás logo após reunião na ocasião da visita do presidente do PT nacional Rui falcão em João Pessoa. José Maranhão não pensou bem ao pregar a forma de compor uma união da oposição, sem que pelo menos ouvisse o PT nacional, o ex- governador Maranhão vem sido preterido pelo PT desde que perdeu as eleições para governador Ricardo Coutinho, o nome de Zé foi especulado para assumir diversas pastas da presidente Dilma, mas ficou só nas especulações .


Colocado pela mídia contra a parede se tinha feito encontros com tucanos depois das últimas declarações da união com Cássio, o ex-governador declarou. “Eu não tive nenhum encontro com ninguém do PSDB para tratar de questões relativas à sucessão. Eu posso assegurar com clareza e transparência que caracteriza todos os meus atos”, disse.

Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.