CÂMARA EM CUITÉ: APENAS TRÊS VEREADORES VOTARAM PELA REDUÇÃO DO RECESSO PARLAMENTAR PARA 30 DIAS

Em sessão desta segunda-feira (12) na Câmara Municipal de Cuité foi derrubado o requerimento de autoria do vereador Renan Furtado (PR) que poderia ser transformado em projeto de Lei para redução do período de recesso dos vereadores de 90( noventa) para 30(trinta) dias. Pasmem senhores apenas 02(duas) vereadoras Polyanna Simplício e Maria de Pituca votaram favorável ao requerimento.

Neste pais tudo funciona no bolso, duvido se o período de recesso dos legisladores não fosse remunerados a plenária estaria cheia para votar favorável a redução de “férias” do legislativo.  

Nas férias eles recebem salários e a quase que a totalidade das casas legislativas recebem mais o terço de férias referente a um mês de salário. Alguns vereadores podem alegar que trabalham no período de recesso e quase sempre o executivo envia matérias urgentes para o legislativo, então porque não votou pelo fim dos 90 dias de folga?  O presidente das Casas legislativas também tem a prerrogativa de convocar sessões extraordinárias no período de recesso.  

No legislativo em época de eleições a freqüência diminui a folga sempre é mais longa, com o recesso branco. Os legisladores priorizam as campanhas e paralisam os trabalhos. Normalmente essas faltas não são descontadas, uma vez que as matérias são votadas de uma só vez, tipo um esforço concentrado. 


Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. Vergonhoso tudo isso. Vereador não trabalha aí vem com essa piada. Bando de vagabundo ganha o dinheiro fácil.

    ResponderExcluir
  2. Vida fácil, fácil, fácil. Aí se inicia o mau do cidadão. O pais esta se desistruturando por isso. Muito fácil falar do governo estadual, do governo federal. Afinal, estão longe. Quero ver cada gigande acordar dentro de sua realidade, fazer suas faixas, cartazes e ir protestar na porta da câmara municipal contra os sanguessugas do dinheiro publico. Pois a corrupicao termina em Brasília, mas é em cada município que se iniciaa vagabundagem e o oportunismo. Parabéns aos três vereadores e vereadoras que demostraram sensatez.

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre esta publicação.