CGU APONTA IRREGULARIDADE NA PREFEITURA DE PICUÍ

Matéria veiculada no Jornal da Paraíba do último domingo (18) revela que foi encontrado irregularidade na área de saúde da prefeitura de Picuí, a fiscalização foi promovida pela Controladoria Geral da União (CGU).

Na Paraíba, 80 cidades já passaram pelo crivo do órgão, que verifica o uso de recursos enviados pelo governo federal. A maioria dos desvios é na área da Saúde, aquela que o povo mais precisa . A gestão municipal de Cuité também reclama de Buba Germano então prefeito de Picuí  reter recursos da saúde  oriundos dos municípios para o Hospital Regional em Picuí. 

Os desvios nestas 80 cidades paraibanas chegam a passar dos 664 milhões. Com os valores fiscalizados, o valor desviado somente da saúde equivale à construção de quase 7 hospitais de alta complexidade. 

Na prefeitura de Picuí a fiscalização foi realizada no ano passado, e pode identificar o desvio de finalidade na ordem de R$ 76.529,65 referente a medicamentos com preços superiores aos recomendados pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, pasmem a prefeitura alegou que não sabia da existência de uma tabela de preços referente aos produtos.  

Desvios causados  pela corrupção vai muito além do financeiro e atinge diretamente a sociedade que deixa de receber os serviços para quais as verbas desviadas foram destinadas. Na  maioria das vezes, de áreas essências como educação, saúde e saneamento básico. 

Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é considerado um líder comunitário dos mais atuantes em sua região no Bessa, com ampla participação nas comunidades ao redor, também foi presidente da Associação de Moradores no Condomínio Valparaíso. Suas ações consiste em fazer a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas sociais, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.