DNIT PINTA FAIXA DE PEDESTRE A CAL EM CUITÉ

As últimas Faixas de Segurança mais conhecidas por “faixas de pedestres” instaladas em Cuité, pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) até parece que foram pintadas “ A Cal”, em menos de 10 dias estão desaparecendo. Fotos chegam ao Blog das faixas demarcadas na frente da Escola Estadual Orlando Venâncio e outra na Igreja Matriz de Cuité. 

Certamente o trabalho foi contratado e será pago como se fosse um serviço executado de boa qualidade. No mês passado uma empresa contratada pelo DNIT também executou o serviço de revitalização da BR que corta a cidade de Cuité, moradores também constataram que o serviço da “nova camada” de asfalto foi de péssima qualidade, bem como não houve o complemento da pista de rolamento.  Fica a dúvida, será que a medição feita pelo DNIT corresponderá efetivamente a toda extensão da via?  O que se tem pagado para aplicar material de primeira está utilizando material de quinta?   

No caso do “recapeamento” do asfalto foi objeto de inúmeras reclamações, sendo uma delas por José Pereira Sobrinho junto ao DNIT que ainda não se obteve resposta. Urge a Câmara dos Vereadores de Cuité fazer também este encaminhamento aos órgãos competentes desde o DNIT e oferecer denuncia ao Ministério Público.  Assim como provocar qualquer parlamentar na Assembleia para que o DNIT seja responsabilizado e chame o feito à ordem, bem como respeito ao erário. 

Faixa de Segurança  frente da Igreja e Pizzaria 




Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.