FICHA SUJA: EX-PREFEITO DE SOSSEGO É CONDENADO PELA JUSTIÇA

O ex-prefeito de Sossego Juraci Pedro Gomes foi condenado pela prática de improbidade administrativa , por não prestar contas dos recursos repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).



 A penalidade consiste na suspensão dos direitos políticos pelo prazo de três anos e pagamento de multa civil, no valor de R$ 10 mil.

"Em se tratando de dinheiro público, o dever de prestação de contas se acentua, tendo em vista que tais recursos são originários, em sua maior parte, das contribuições dos próprios administrados, razão pela qual devem ser vertidos em benefício da sociedade", escreveu na sentença o juiz Gustavo de Paiva Gadelha, titular da 6ª Vara Federal.

De acordo com o processo, Juraci Pedro Gomes, enquanto prefeito de Sossêgo, deixou de prestar contas do valor de R$ 3.360,00 repassados pelo FNDE para desenvolvimento do programa Bralf no município. Em sua defesa, ele sustentou não ter cometido nenhum ato de improbidade, posto que não atuou com dolo ou culpa grave e tampouco desviou ou acresceu ao seu patrimônio verbas públicas.

O ex-prefeito Juraci apoiou  o  senador  Cássio Cunha Lima então candidato a governador nesta última eleição , que teve uma derrotada acima da proporcionalidade dos votos da pequena Sossego.
Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.