NOVA FLORESTA OU NOVA FAROESTE DA PARAÍBA ?

Nesses primeiros dias de Janeiro de 2015, Nova Floresta localizada na microrregião do Curimataú ocidental já contabiliza na região o maior número de crimes de assassinatos, assaltos e apreensões de drogas sem contar com as vitimas do trânsito supostamente sobre efeito de álcool o que faz alguns munícipes afirmar que o nome da cidade não é  Nova Floresta e sim Nova Faroeste. Uma cidade com pouco mais de 11 mil habitantes e área territorial de 59 km² , viva a insegurança de uma cidade grande. 

Os parlamentos municipais têm reconhecido os comandos da policia local com títulos de cidadãos, mas saindo da “zona de conforto” o que falta é um plano de inteligência de Segurança Pública, ao implementar a POLICIA COMUNITÁRIA com estratégias organizacional fundamentada na defesa social , não é só com abordagens e ações ostensivas que irão combater a criminalidade,  muitas das vezes só chegam após o “delito”. Não quero dizer que as policias na região do Curimataú não tenham competência, a briosa policia tem trabalhado  prova disso no inicio deste ano teve um desmanche de uma quadrilha que atuava em Nova Floresta (PB) e Jaçanã (RN). 

É preciso operações pontuais e com mais freqüência pelo 9° BPM, que tem nas mãos uma árdua tarefa: Diminuir a criminalidade na região em relação ao ano passado. A bandidagem desafia as autoridades, na semana passada os poderes constituídos realizaram uma audiência em Nova Floresta como pauta a “violência”, em seguida mataram mais um.  

A polícia sozinha não vai chegar a lugar nenhum, é preciso parcerias de ações conjuntas à criminalidade, as pastas do executivo como a do Esporte, Educação, Cultura e Assistência Social como política de cultura da paz.  Os termos  “o lençol é curto” e “estão enxugando gelo” é comum no meio da segurança pública , isso se deve a falta do governo federal em “carimbar” recursos para a Segurança ,  até lá resta  reinventar a melhor forma de minimizar a crescente escala da violência no país.   

O 9°BPM  deve estreitar mais a relação com a comunidade local e cumprir as determinações operacionais do comando da PM e da Secretaria de Segurança. É preciso ter as forças policiais próximas das pessoas. A grande maioria da população é composta por pessoas de bem, portanto a ação está voltada a coibir o crime, mas também a ouvir a comunidade.


Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é considerado um líder comunitário dos mais atuantes em sua região no Bessa, com ampla participação nas comunidades ao redor, também foi presidente da Associação de Moradores no Condomínio Valparaíso. Suas ações consiste em fazer a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas sociais, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Já soltaram a quadrilha e já começou os roubos novamente.

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre esta publicação.