UMA ULTRASSONAGRAFIA DA TRAGÉDIA NA LADEIRA DE CUITÉ

A saúde no nosso país, ainda anda pelos corredores e Uti´s. As vitimas da tragédia da “Ladeira de Cuité, na fatídica manhã de ontem (quinta-feira/15) onde deixou a cidade vizinha Picuí de luto, não foi apenas mais “um” acidente ou fatalidade.

Uma das vitimas do veículo “celta” que foi destruído por um caminhão, tinha uma moça grávida que se deslocada da terra da Carne de Sol “ Picuí”  para Cuité com finalidade de fazer uma ultrassonografia. 

Lamentável a fatalidade, mas a morte só precisa de uma desculpa. Será mesmo?   Essa regra não teria exceção, caso o serviço público de saúde em Picuí atendesse com mais rapidez ou simplesmente fizesse uma simples “utrassonografia”, afinal seria Picuí com o hospital regional referencia na região? Mesmo que por opção da vitima "grávida" procurar o exame em Cuité por questão de qualidade seja do atendimento particular ou não . Enfim  tudo tem sua hora no plano espiritual , mesmo assim os governos estadual, municipal e federal  são culpados e parcela dessa culpa perpassa por “n” situações em especial por nós cidadãos por não exigir cada vez mais dos nossos governantes. 

Em respeito à família das vitimas, e também por ter sofrido a perda de um ente familiar no grave acidente em Cuité há dois anos, hoje sei o tamanho da dor que não desejo a ninguém, não divulguei no “Blog” as imagens fortes que chegaram pelo WhatsApp, e outros explorando até pelo Instagram.  Sobre as causas do acidente é  necessário uma investigação mais precisa e célere para saber se houver dolo ou culpa do motorista. 

Segundo informações no “ Amigos de Picuí” o velório de dona Terezinha, Willian, Jacinta e Williane( estava ventre) está acontecendo no Ginásio Municipal Felipe Tiago Gomes, em Picuí e o sepultamento será às 17 horas de hoje. 


Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.