S.O.S PONTE DO RIO PIABA : BUBA DIZ QUE IRÁ AO DNIT REIVINDICAR O PLEITO

A Ponte do Rio Corredor, mais conhecido por Rio Piada na BR 104 km 79,0 próximo a cidade de Remígio se encontra interditada a mais de 7 meses e tem causado transtornos a quem trafega pela rodovia, sendo obrigado a fazer  desvio um tanto  perigoso.
Após um Movimento nas Redes Sociais “S.O.S PONTE RIO PIABA-BR 104” ser criado neste domingo (08) e ao tomar conhecimento da mobilização, o deputado estadual Buba Germano (PSB) se comprometeu logo após o “Carnaval” ter uma audiência com o superintende do DNIT e levar o pleito da recuperação da Ponte.

O ex-presidente da Câmara dos Vereadores de Cuité , Geraldo Leite disse que há seis meses encaminhou oficio ao DNIT e até agora não obteve resposta . Segundo o Comandante do 9°BPM Tenente Coronel  Afonso Galvão o vereador de Remígio Josa Galvão também vai encaminhar  requerimento ao DNIT. 

 O movimento S.O.S Ponte do Rio Piaba é apartidário e todos se articulam de forma espontânea em favor da reconstrução da Ponte . Os professores José Pereira Sobrinho e Maria das Graças estão coletando assinaturas para encaminhar ao DNIT. Segundo José Pereira o acesso interditado está colocando em risco a vida de quem passa pelo trecho que é desprovido de segurança.  “ É um desrespeito a uma população de 110 mil habitantes da região do Curimataú e Seridó Paraibano” Completou José Pereira. 

Os administradores do grupo (Dema Macedo e Fabiana Agra) “ S.O.S Ponte Rio Piaba” também irão fazer um abaixo-assinado eletrônico para que todos possam manifestar a sua indignação com o descaso com os usuários daquela rodovia. 

Foi identificado um “laudo” na mesa do DNIT onde o Blog teve acesso pelo grupo do Whatsapp que  se visualiza a fissura e rompimento da ponte no  Km 69, 6. A empresa do referido laudo é a CONTÉCNICA – Consultoria e Planejamento. 


Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é considerado um líder comunitário dos mais atuantes em sua região no Bessa, com ampla participação nas comunidades ao redor, também foi presidente da Associação de Moradores no Condomínio Valparaíso. Suas ações consiste em fazer a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas sociais, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.