CUITÉ -A PAIXÃO DE CRISTO SUPEROU OS EMBATES DOS BASTIDORES

A primeira noite do espetáculo da Paixão de Cristo na quinta-feira(02)  atraiu um grande público, uma mega estrutura no espaço ambiental e histórico do Olho d’água que hoje pertence à união. (UFCG-Cuité).  De forma cabal o espetáculo superou o de 2014, mesmo sendo esperado um novo texto teatral. 

Apesar de o espetáculo ser formado por atores e atrizes amadores da cidade, o que se deve continuar  e faz jus lançar um Edital para seleção de “texto”, um concurso onde possa repercutir novos projetos da dramaturgia.   Na primeira noite, novas passagens “cenas” como a perseguição de Herodes que determinou matar as crianças com intuito de chegar ao menino Jesus.  

No primeiro dia do espetáculo, quinta-feira (02) ausência da cena do ano anterior onde teve os milagres de Jesus, e por falar em milagres somente ele para deixar em último plano as questões políticas, que esse ano foi travado entre a gestão municipal e universitária, em relação à recomendação da controladoria em não realizar a doação espontânea de alimentos em favor do “Banco de Alimentos” para não ter conotação política , pouco se viu pessoas descendo a ladeira do Olho D’água com sacolas de alimentos.

O espetáculo foi um show à parte, a entrega de todos os participantes e acima de tudo o espírito cristão, na contra mão alguns da própria gestão colocava em  xeque a realização do espetáculo em 2016 o que pode ser um fiasco em ano de eleição, motivado ao embate entre os realizadores.

Lamentavelmente o espetáculo não tem sido valorizado no ponto de vista da divulgação, que fica apenas localizado o que neste momento Cuité de forma merecida poderia ser destaque nacional, como sendo o maior e melhor espetáculo da “Paixão de Cristo” ao céu aberto no estado da Paraíba.  

   

Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.