POSTO DE SAÚDE FECHADO E O FIM DA SAÚDE A TODA HORA EM CUITÉ

O posto de saúde da zona rural no sítio “Bujari” a 5 km de Cuité se encontra fechado a pelo menos seis meses, denúncia é do morador Clodoaldo Pereira que enviou ao Blog sua indignação e descaso que deixa de atender cerca de 500 pessoas que residem na localidade. Não se concebe mais o lema  Saúde a Toda Hora da gestão municipal esse termo é igual a remédio vencido "inócuo"  não se prescreve por quem faz saúde pública diante das dificuldades das garantias de acesso a atenção de qualidade. 

  
Para o município com gestão plena o tema Saúde Pública de qualidade para cuidar bem das pessoas, um direito constitucional do povo deixa bastante a desejar.  Um posto de saúde onde poderia atender a comunidade do “Bujari” ao se encontrar com portas fechadas de pronto nega atendimento, pelo menos a atender um usuário com simples ferimento de corte.

O lamentável é que a comunidade do Bujari , tem representação na Câmara Municipal  e se diga de passagem preside  aquela casa , o que fica claro não há  saúde a toda hora no posto do Bujari. 

 Segundo  o popular , Clodoaldo Pereira a conversa do presidente da Câmara Municipal de Cuité em dizer que o posto precisa de “reforma” é  caso de atestado médico ou total desconhecimento , pois o que o “posto” precisa é de equipe de saúde e apenas uma pintura de paredes , segundo ele as condições físicas do posto se encontra em perfeito estado.

É preciso tratar a saúde pública, como sendo do povo! Abrir as portas da gestão para participação popular para discuti-la através de Conselho Municipal de Saúde (CMS) onde possa democratizar e dar empoderamento aos usuários do Sistema Único de Saúde.

A denúncia do jovem Clodoaldo Pereira, não pode ficar apenas no campo da política do contra ou os elogios de outros na defesa da situação, a questão central é bem mais ampla: Como queremos utilizar os “recursos da saúde” não se deve temer em abrir a “caixa de pandora” e identificar os reais problemas, com a participação popular e plural. 

Vem ai a 15ª Conferência Nacional de Saúde, Cuité não deve ficar de fora e deveria fazer parte das plenárias populares regionais, para que possa ter a participação da sociedade dos segmentos populacionais (mulheres, idosos, população do campo, juventude, negros, LGBT, entre outros).  

.   

  

Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é considerado um líder comunitário dos mais atuantes em sua região no Bessa, com ampla participação nas comunidades ao redor, também foi presidente da Associação de Moradores no Condomínio Valparaíso. Suas ações consiste em fazer a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas sociais, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.