HIPNOSE NOS SÁBADOS NA POLÍTICA DE CUITÉ

Para muitos cuiteenses  a política faz parte do menu do café, almoço e chá da tarde dos sábados na 89 FM .  Promessas e poucas realizações para quem se perpetua no poder por quase três décadas e muito distante do que é republicano é ausente à impessoalidade e onde se confunde o Brasão da edilidade com o de Família.

Um novo tempo onde se possa consolidar cada vez mais a cidadania e fracionar oligarquias políticas , estes são os desafios da política para as eleições de 2016 na região do Curimataú, com a perspectiva de mudanças não apenas de nomes, mas de conceitos e práticas políticas.

Voltando aos sábados em Cuité, a saúde a toda hora tão sonhada contradiz a propaganda da prefeitura . Saudades das maquiagens que tanto se reclamavam, mas pelo menos a cidade era mais limpa e iluminada , enfim mais bem cuidada o que não se pode confundir quem já nasce bonita como é o caso da Serra de Cuité a rainha do Curimataú. 

O professor e ativista político, Ramilton Marinho Costa tem feito alguns análises onde Freud explica tais eufemismos políticos. “   Em uma democracia predomina a transitoriedade, a mudança, não a eternidade. Em uma democracia também não existe essa história de pai e mãe do povo – bom, mas isso só Freud explica”. Postou o professor. 

A política de Cuité tem quebrado paradigmas e surpreendentemente  volta à estaca zero, o que posso definir que ainda estar impregnado o pleonasmo vicioso “político”.

O professor Ramilton  destacou um comentário  em um destes sábados em Cuité, chegou a comparar a política de primeiro mundo da Suíça com a de Cuité “Pelo menos, é essa a sensação que tenho, todos os sábados pela manhã, ao escutar um determinado programa na rádio de Cuité. Pena que o programa acabe logo e tenho que voltar, a pé e encabulado, à velha realidade”.completou o professor , e assim a Hipnose de impacto  acabou. 

Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.