SINDOJUS-PB PEDE REMUNERAÇÃO PARA OFICIAIS DE JUSTIÇA SOBRECARREGADOS EM MUTIRÕES

O presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Estado da Paraíba (Sindojus-PB), Benedito Fonseca, com a proximidade da realização de um “Mutirão da Violência Doméstica”, que deverá acontecer no mês de agosto nas comarcas de Campina Grande e João Pessoa, chama atenção da categoria para o excesso de trabalho que o evento ocasionará a já atribulada jornada de trabalho dos Oficiais de Justiça, das respectivas Comarcas.


O Sindicato lembra que é totalmente contrário à ideia, uma vez que tais realizações são apenas medidas paliativas na seara judiciária em termos de celeridade e eficácia processual e que, por si só, contradizem seus efeitos. Benedito Fonsêca afirma que cobrará do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) a remuneração pelo excesso de trabalho.

“Como a realização é inevitável em se tratando de ser uma propaganda oficial do Tribunal de Justiça. Nosso posicionamento é pela cobrança de que os Oficiais, já sobrecarregados de mandados, sejam remunerados pelo excesso de trabalho. O Sindicato também propõe que a contraprestação financeira existente para tais mutirões sejam distribuídas para todos os Oficiais sem formação de grupos específicos”, declarou o presidente.

Para o presidente do Sindojus-PB, a morosidade, a lentidão e a inoperância da Justiça só se resolvem com a realização de Concurso Público e não apenas com paliativos.




Com portal do litoral 

Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é considerado um líder comunitário dos mais atuantes em sua região no Bessa, com ampla participação nas comunidades ao redor, também foi presidente da Associação de Moradores no Condomínio Valparaíso. Suas ações consiste em fazer a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas sociais, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.