sexta-feira, 30 de outubro de 2015

TAL PAI TAL FILHO : VOTO DE PEDRO CUNHA LIMA VAI CONTRÁRIO AO ENSINO PÚBLICO TOTALMENTE GRATUITO

A página virtual da Revista Veja Istoé, publicou que o deputado federal, Pedro Cunha Lima (PSDB) deve se licenciar para concluir uma pós-graduação em universidade “particular” em Coimbra-Portugal, depois de votar a favor da PEC (395/14) que permite às universidades públicas cobrarem por cursos de pós-graduação lato sensu extensões e mestrado profissional.

O voto do estreante jovem deputado, Pedro Cunha Lima vai ao contrário à classe estudantil que tanto luta pelo ensino público de qualidade.   A PEC (395/114) é um ensaio do setor reacionário e o deputado Pedro ajudou a dá o ponta pé na “privatização do sistema público “  no pais.  

A deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) foi contrária ao encerramento da discussão da matéria pela comissão.Ela sugeriu uma retomada do assunto afim de que a gratuidade do ensino latu-sensu não fosse transformado em marco constitucional.

 “Não precisamos abrir a Constituição para regular o lato sensu. Devemos manter a matriz pública e gratuita da estrutura das universidades brasileiras e regular o lato sensu em regramento infraconstitucional”, disse ela na ocasião. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.