MATADOURO EM CUITÉ - SECRETÁRIA NÃO SABE SE TEM FOSSA SÉPTICA OU TANQUE

Alunos, professores e funcionários do Campus UFCG em Cuité continuam sofrendo com um problema antigo: O mau cheiro provocado por um matadouro, próximo ao Centro de Educação e Saúde-CES. Além deles, moradores que residem no entorno também reclamam do forte odor, trazendo diversos desconfortos.


Uma moradora que reside próximo ao Matadouro Público denunciou a rádio local 89 FM o descaso da prefeitura municipal de Cuité, segundo ela o odor é desagradável. O mau cheiro incomoda até na hora das refeições. 

O matadouro nunca passou por uma intervenção da gestão municipal  para  melhorar a estrutura de higienização, apenas algumas maquiagens.  Não existe uma lagoa de estabilização, mesmo porque o local onde se encontra o Matadouro não mais é compatível. 

A Caatinga é insuportável, talvez se a casa da gestora fosse próximo ao Matadouro economias já tinham sido feitas para construção de um Matadouro numa área mais afastada da cidade.

A coisa literalmente está fedendo por lá , segundo informes até o veterinário pediu demissão do Matadouro Público . A  Vigilância Sanitária do Município “silencia” só soube abrir a boca quando o problema foi uma etiqueta em saco de leite   , há meses atrás um internauta divulgou uma imagem de um feto de animal jogado no entorno do Matadouro, sinal que ali vacas prenhas estão sendo abatidas o que é um crime. 

 “ Há bastante tempo um dos tanques  está estourado  e ao céu aberto, a caatinga está horrível, nós temos crianças isso é  prejudicial  à saúde “  disse uma moradora do Olho d´água da Bica ao ser entrevista por Catarina  Oliveira da 89 FM Cuité.  O CES- UFCG também fez reclames sobre a problemática , mas a gestão não ouviu . Somente após denuncia de uma moradora a 89 FM Cuité a secretária de infra estrutura disse que vai tomar providencia " provisoriamente". 

A secretária precisa andar mais, há bastante tempo que assumiu a pasta de infra estrutura e não fez nenhuma visita técnica no “ Matadouro”, prova disso foi a sua fala para 89 FM Cuité ao desconhecer se lá existem fossas sépticas ou tanques, imagine saber para onde vai o esgoto e rejeitos.   

Esse é meu papel como blogueiro, repercutir as problemáticas do poder público. Não interessa a vida pessoal ou empresarial de cada gestor , cobrar cada vez mais ação dos agentes políticos quando não corresponder a única  ordem de despejo será  o resultado nas " urnas".  

Comodismo essa é palavra chave, o que tinha pra dar já deu!   Por bastante tempo no poder por mais de duas décadas  de forma direta e indireta o “mesmo grupo político” de BADO-EUDA não priorizou a questão da construção do Matadouro Público, onde há estudos que também provoca ladeira abaixo terríveis impactos ambientais aos mananciais.  

Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é considerado um líder comunitário dos mais atuantes em sua região no Bessa, com ampla participação nas comunidades ao redor, também foi presidente da Associação de Moradores no Condomínio Valparaíso. Suas ações consiste em fazer a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas sociais, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.