SAÚDE A TODA HORA- ALUNOS NÃO SUPORTAM MAIS O MAU CHEIRO NA UFCG-CUITÉ

Os alunos universitários estão de volta às aulas e ao mau cheiro que exala do “Matadouro Público” de Cuité.  Mais uma vez eles usaram as redes sociais para declarar literalmente o que sente.  Vergonha! Disse uma estudante: CES tão lindo, bem cuidado, recebe pessoas de todo o país, sem falar na geração de renda que o CES trouxe para a cidade, que descaso com a população universitária e com a própria cidade desse governo municipal que ai está. (Prefeitura de Cuité).

É preciso levar esse debate para fora dos muros da UFCG, a gestão municipal de “plantão” por décadas no poder jamais priorizou a relocação do Matadou Público que se encontra fora dos padrões da vigilância sanitária.   A fedentina não só acompanha de ladeira abaixo para a UFCG como contaminam mananciais, nesse ano até feto de animal foi encontrado em torno do Matadouro Público o que poderia ser interditado.

“Veja, mas não cheire” esse foi o desabafo do diretor do Centro de Educação e Saúde ao postar a foto da UFCG que é um verdadeiro Cartão de Visita.  “  Descaso da Prefeitura Municipal de Cuité com a comunidade universitária” completou Ramilton Marinho.

Onde esta o dinheiro para construir um novo matadouro ? Os recursos  federais destinados são na ordem de R$ 718.000,00  será que exalou junto com mau cheiro  ou  se  perdeu prazo como foi o caso da construção de uma fábrica de polpa de frutas no Bujari ? 

Essa é a “Saúde a Toda Hora” de Cuité aonde o secretário de saúde vai a Câmara e leva meia dúzia de pessoas para aplaudi-lo, e dizer que ele é preparado , só se for preparado para  “omitir”  ver se ele vai ao CES para um debate com os alunos? 

 Que “Saúde a Toda Hora” é essa que ultimamente se faz mais partos de bebês na ambulância do SAMU do que no Hospital Municipal?  Claro a ambulância do SAMU é mais equipada. 

Que saúde a toda hora é essa falada pelo senhor secretário que não providencia um abrigo para a alcatéia solta as ruas com suspeita de Calazar. 

 Uma “Saúde a Toda Hora” que não paga os servidores em dia.  Que tem a volta das doenças epidimologocas, que dizia que Cuité estava controlada o foco de Dengue.  

“Saúde a Toda hora” onde há relatos que para se fazer um curativo é preciso rezar para Nossa Senhora das Mercês para o esparadrapo aparecer.    

Um mamógrafo para funcionar teve que ir para o Ministério Público Federal.  Uma Academia de Saúde que demora ser concluída enquanto da pequenina Sossego que antigamente era  distrito de Cuité , já inaugurou a sua.

Uma UPA 24 horas que já era para estar funcionando, alguns PSF´s sem médicos e a Saúde Bucal perdeu recursos federais por má gestão.  

 Sem contar com o registro de maus tratos a uma médica cubana, da denúncia do médico ao MP por ter usado o nome dele no Cadastro Nacional de Estabelecimento de saúde (CNES) quando o médico nem conhecia o município, entre outras a essência que exala o matadouro público continua matando de vergonha nossa cidade junto aos universitários.   

Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.