NO DIA QUE A POLÍTICA DE NOVA FLORESTA ENTROU EM PARAFUSO


Não se faz mais política como antigamente , se foi o tempo de campanhas em Nova Floresta com Raminho Lopes e Silvestre, políticos estes de postura firme.

 O prefeito Meu Louro é conhecido como do povão faz o social, infelizmente na política o social se confundem com o assistencialismo.

 O momento político do município é um quadro de incertezas, no “piscar de olhos” quem era oposição é situação e vice- versa.  O prefeito João Elias mais conhecido por Meu Louro surpreendeu, rompeu com o atual vice-prefeito, Rossélio que é pré candidato até pouco tempo anunciado pelo próprio prefeito balizado por pesquisas.

Tudo começou após um café, onde o prefeito Meu Louro tomou com o pré candidato Jarson do Pastor, até então “ oposição”.  Patrulhado por alguns correligionários, o prefeito não negou o encontro e mandou recado aos correligionários que não aceitava pressão de ninguém.

Após o café vários desdobramentos aconteceram e ainda estão para acontecer, como um efeito dominó: Rossélio foi para o PSL do deputado Charles Camaraense e credenciou sua pré candidatura ; Dona Fátima entregou o cargo de secretária, Meu Louro declarou apoio a Jarson do Pastor e agora Dona Fátima que não era mais pré candidata voltou atrás.  

Em meio a tanta turbulência , apenas um posicionamento firme pelo menos por enquanto com o neto de Raminho Lopes, Renan que se colocou como pré candidato e aparece mais próximo a Rossélio.

Sobre os vereadores , como no passo de mágica mudou tudo até mesmo na Câmara é hora de reformular os discursos.

Quando da saída de três vereadores de uma só vez da bancada governista, o então bloco da situação foi solidário ao prefeito Meu Louro.   Não precisou nem tomar um " cafezinho"  o próprio presidente da Câmara ao sair da base governista  naquele instante antecipou seu voto favorável a aprovação das contas do prefeito.



Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.