BR 104 - DOIS JOVENS MORREM EM ACIDENTE AUTOMOBILÍSTICO E DEIXA NOVA FLORESTA DE LUTO

Mais um acidente entra para estatísticas de morte na BR 104 entre Cuité e Nova Floresta desta vez as  vitimas foram dois jovens segundo o portal redemaisnoticia  eles foram  identificados por “ Adrianinho filho de Sueli”  e o outro Fhilipe Telé. 

Segundo informações de áudio nos grupos do whats, o veiculo Golf de cor prata perdeu o controle após uma ultrapassagem e deu várias capotadas logo após a Escola Técnica de Cuité Br 104 , ainda segundo testemunhas o veiculo vinha com seis passageiros com destino a Nova Floresta.  

O Grupo Amigos do Trânsito do Curimataú Paraibano, alerta os motoristas a transitar com velocidade moderada na BR 104 trecho entre Cuité e Nova Floresta local onde se registra maior índice de acidentes de trânsito na região. 

O inspetor Samuel Wesley da Policia Rodoviária Federal, disse que o registro do número de 8 mortes somente no ano de 2015 na BR 104, no trecho que vai do Trevo de Cuité a Nova Floresta foi o mesmo número de óbitos na BR de Campina Grande no mesmo período.

O Hospital de Traumas de Campina Grande a cada final de semana recebe o maior número de vitimas de acidentes de trânsito da região do Curimataú e Seridó Paraibano, além da imprudência nas estradas, um dos fatores é a falta de políticas públicas para a Educação de Trânsito da região, a partir das prefeituras que não assumem a responsabilidade de municipalizar o trânsito e fazer sua parte.  

Dentro das cidades " perímetro urbano" não há agente de trânsito  municipal e nenhuma fiscalização por parte de quem tem a responsabilidade " prefeituras" não se cobra o cumprimento do CTB o que é visível motoristas transitar sem cinto de segurança e sem capacete. A  falta de ações dos gestores municipais tem o reflexo direto nos acidentes nas rodovias federais. 

    

Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é considerado um líder comunitário dos mais atuantes em sua região no Bessa, com ampla participação nas comunidades ao redor, também foi presidente da Associação de Moradores no Condomínio Valparaíso. Suas ações consiste em fazer a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas sociais, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.