SAI SENTENÇA SOBRE A MORTE NO TRÂNSITO DE NOVA-FLORESTENSE

Saiu à sentença do caso que vitimou o jovem nova- florestense montador de móveis Silvanilson mais conhecido por ‘ Negão’ quando caiu da carroceria de uma Montana e não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no Hospital de Traumas em Campina Grande.


O acidente foi no mês de setembro de 2015 na BR 104 trecho entre Cuité e Nova Floresta.  

O juiz João Agra Tavares da Vara de Trabalho em Picuí julgou procedente em parte, onde condenou a Empresa Icasa ao pagamento de indenização por ‘ danos morais’ em razão da responsabilidade civil por ato ilícito, o que fixou valor pecuniário. 

O advogado da família da vitima é   Dr. Helder Simões onde destacou que o valor ainda está aquém do dano, mas a sentença saiu em tempo hábil . 

Uma vida de um jovem foi ceifada por falta de segurança de trabalho, carroceria de carro é para transportar mercadorias e não trabalhador.  No Brasil existe uma ONG  Não Foi Acidente , onde defende a causa que casos como esses teve um responsável direto [ a empresa] .


Durante a luta pela vida, ainda no Hospital de Traumas vários amigos usaram as redes sociais para fazer uma corrente # FORÇANEGÃO como demonstração de carinho ao jovem nova-florestense, que tinha 25 anos de idade. 




Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é considerado um líder comunitário dos mais atuantes em sua região no Bessa, com ampla participação nas comunidades ao redor, também foi presidente da Associação de Moradores no Condomínio Valparaíso. Suas ações consiste em fazer a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas sociais, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Até que enfim a justiça foi feita esperamos que a empresa pague a indenização.

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre esta publicação.