sábado, 30 de julho de 2016

PACIENTES COM SÍNDROME RARA " SEIP-BERARDINELLI" TEM ACOMPANHAMENTO NO CURIMATAÚ

Pacientes do Consórcio do Curimataú Paraibano são os primeiros pacientes no Brasil a fazer uso de Leptina uma nova medicação para a Síndrome de Seip-Berardinelli uma síndrome rara, 300 casos no mundo, e aqui no Curimatau temos 12 casos sendo acompanhados pelo competente médico Endrocrinologista Dr. Antônio Fernandes.


O Consórcio tem a frente do competentíssimo, Jailson Andrade que comemorou a nova técnica de tratamento da doença. 

A Síndrome de Berardinelli também conhecida como Lipodistrofia Generalizada Congênita, caracteriza-se porgigantismo acromegalóide infantil, hepatoesplenomegalia, taxas de colesterol, glicose e proteínas muito elevado nosangue, hipertrofia dos tecidos conjuntivo e tecido adiposo da pele, ânus em posição alta e presença de fosseta coccígea; é uma forma de tesaurose.
O portador da Síndrome de Berardinelli possui veias que parecem estar dilatadas, abdome proeminente, hérnia umbilical e hepatoesplenomegalia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.