CUITÉ E NOVA FLORESTA ENFRENTAM EPIDEMIA DE MORTES NO TRÂNSITO NA PARAÍBA

Mais uma vitima fatal na BR 104 na Paraíba, nas proximidades do Posto Fama município de Nova Floresta. Em 2015 oito pessoas morreram, em 2016 dados ainda não consolidados pela PRF sete (7) pessoas foram a óbitos somente na região que compreende Cuité e Nova Floresta, sem contabilizar os feridos, amputados e os para ou tetraplégicos.


A causa dessa estrondosa [ e escandalosa.] mortandade não é a fome, homicídios, zika ou outra doença epidêmica. Nada disso. É a barbárie resultante do caótico trânsito na região. 

Os senhores prefeitos cruzam os braços, não existe um só município na região com seu trânsito municipalizado, transfere toda responsabilidade ( institucional ) para outros órgãos públicos da segurança do trânsito, que se diga de passagem tem feito a parte educativa a partir da mobilização do grupo Amigos do Trânsito do Curimataú e Ministério Público. 

Sem agente de trânsito contratado por concurso público no município, a mobilidade urbana (  transito local )  anda desorganizado, quando corre frouxo nas ruas e avenidas o reflexo acontece em acidentes gravíssimos na rodovia federal ou estadual que corta as cidades.

Se tivesse uma prova para os prefeitos da região de regulamentação do trânsito , a prefeita de Cuité tirava zero !  Na cidade a maiorias das ruas e avenidas não tem sinalização vertical, ninguém sabe onde é mão ou contramão , tome bastante cuidado a preferencial é de quem vai correndo. 

O município de Picuí entre poucas cidades da região do Curimataú e Seridó paraibano os motociclistas andam de capacete, sabes qual o resultado? Reduziu o número de mortes por TCE.

A cada 11 minutos e 21 segundos uma vida é destroçada nas ferragens, nas estradas, ruas ou calçadas brasileiras. De acordo com o Datasus( Ministério da saúde)  42.844 vidas foram ceifadas somente em 2010 equivalem a 117 vitimas fatais por dia.  

De lá pra cá, um avanço a Lei Seca que tem sido realizado nas grandes cidades para reduzir os acidentes, bem como operações do Batalhão de Transito.    



Mantida a brutalidade nesse ritmo, os números referentes ao ano de 2016 (que ainda serão consolidados sete mortes) ultrapassarão o número de vitimas fatal em 2015 (que foram oito) somente entre a princesinha do Curimataú ( Nova Floresta) e a capital do Curimataú (Cuité).

Foto internet
Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é Presidente da Asssociação de Moradores no Condomínio Valparaíso no Bessa, em João Pessoa, com ampla participação nas comunidades ao redor e locais do Bessa, faz a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas socias, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.