sexta-feira, 28 de outubro de 2016

O VERDADEIRO MOVIMENTO ESTUDANTIL DE CUITÉ COLOCA A CARA NAS RUAS

O movimento estudantil em Cuité aderiu ao movimento nacional de ocupação das escolas públicas, com diferencial os estudantes receberam apoio dos professores e foram às ruas protestar contra as previsões de cortes de investimentos nas escolas públicas com a PEC 241.

O presidente do Grêmio Estudantil da Escola Orlando Venâncio dos Santos em Cuité, Victor Júnior, emitiu palavras de ordem contra a PEC 241, segundo o líder estudantil a educação em todo o pais não pode ficar calado. 

Outro jovem ligado ao Grêmio , Andrew Diego adiantou que entrou  em contato com a deputada estadual Estela Bezerra (PSB)  para que o movimento ocupe a tribuna do legislativo estadual para expressar o repúdio a PEC 241. 

Outra voz que ecoa em todo o Brasil é da estudante Ana Julia, que usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Paraná, em Curitiba, em defesa do movimento que se espalha pelo país. A jovem secundarista de 16 anos, disse que mais de 1.000 escolas em diversos estados tem uma única bandeira que é a educação.
   
Além de cortes previstos para pasta de educação o governo federal anunciou uma reforma do ensino médio sem ouvir os alunos e professores. Um verdadeiro rolo compressor na educação com a chegada do governo elitista de Temer. 

 O verdadeiro movimento estudantil coloca a cara na rua , não se esconde atrás de sigla partidária do PMDB.  Não se deve cruzar os braços a uma medida provisória nefasta , que nos próximos 20 anos compromete mais ainda a  saúde pública , educação entre outros diretos sociais. 

Se  efetivamente querem um Brasil pra frente , reduza gastos públicos nos gabinetes dos poderes constituídos , reduza a carga tributária real e a corrupção. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.