domingo, 4 de dezembro de 2016

MOVIMENTO A CIDADE QUE QUEREMOS COMPLETA UM ANO EM CUITÉ

O movimento popular a “Cidade Que Queremos” no município de Cuité, idealizado pelo professor Moisés Pereira  inicialmente a quem entregar as chaves da cidade em " boas mãos” onde levou munícipes ao estender às mãos em direção ao Letreiro Cuité completa um ano neste 4 de Dezembro de 2016.

O professor Moisés pretende transformar o movimento em uma ONG onde possa defender uma cidade inclusiva, participativa e justa. É preciso conhecer o Plano Diretor e a cidade que queremos. 

Em 2017 será um ano de transformações em várias cidades da região do Curimataú, mesmo sabendo das dificuldades financeiras que os novos gestores terão pela frente. É fundamental o diálogo dos novos gestores com as comunidades e segmentos sociais para que sejam diagnosticados os problemas e soluções para fazer chegar à cidade que queremos. 

Primeiro é preciso que cada um dos atores envolvidos nesse processo, o município e os munícipes, saibam qual é seu papel. O município tem como função assegurar seus habitantes à execução da política urbana.  Direito a terra urbanizada, um olhar ao homem do campo, saneamento ambiental, infraestrutura urbana, serviços públicos, transporte, trabalho e lazer. 

Show comments
Hide comments

2 comentários:

Dê a sua opinião sobre esta publicação.