domingo, 23 de abril de 2017

BR 104 - MAIS UMA MORTE NO TRÂNSITO ENTRE CUITÉ E NOVA FLORESTA

A imprudência continua no trânsito em Cuité e Nova Floresta, conhecida como rodovia da morte a BR 104  fez mais uma vitima fatal. A vitima politraumatizada foi socorrida pelo SAMU, não resistindo aos ferimentos foi a óbito . 
A rodovia  BR 104 é considerada como da " morte"  por vários fatores entre eles  consumo de de bebida alcoólica em um bar as margens da BR precisamente nos dias de feira livre , outro fator preocupante foi a construção de uma escola também as margens da rodovia sem nenhuma sinalização e pela inexistência de fiscalização continua alguns veículos trafegam , precisamente motos sem a lanterna traseira ligada alguns até os faróis.  

O acidente que deixou um morto na madruga do sábado (22) envolveu um veiculo de passeio e uma motocicleta, segundo informações apuradas pelo Rede Mais Noticia a motocicleta estaria sem sinalização. 

As políticas públicas para um melhor trânsito deve ser amplamente discutidas nas casas legislativas dos municípios de Cuité e Nova Floresta em razão de estarem ligados com os sucessivos acidentes na rodovia federal que corta as cidades. 

Nenhum município da região do Curimataú e Seridó Paraibano tem seu trânsito municipalizado, o único que tem protocolo de intenções assinado com o DETRAN-PB é a prefeitura de Picuí. 

Sem o trânsito organizado dentro das cidades, as rodovias estadual ou federal tem o reflexo do crescimento de acidentes, na prática não se tem uma parceria entre os poderes constituídos , o Ministério Público pouco tem atuado nessa questão , vez ou outra uma fiscalização da PRF e  BPTran para inibir os excessos, depois tudo volta como antes. 

O município de Picuí  foi único município da região a reduzir os acidentes com politraumatizados , isso em razão da população abraçar e respeitar o Código de Trânsito Brasileiro – CTB , por lá os motociclistas andam de capacetes, os veículos trafegam com sinalização.  

Foram registrados pela PRF  na BR 104 , 16 mortes somente nos anos de 2015 e 2016 , esses acidentes com vitima fatal em sua maior parte no trecho entre o trevo de Cuité e o município de Nova Floresta divisa com Jaçanã-RN , isto sem contabilizar os demais acidentes com  vitimas com sequelas e ferimentos leves. 

Uma região onde quem mais mata é o transito, a pauta é silenciada nas câmaras de vereadores. Pasmem senhores onde deveria propiciar a importância e relevância desse assunto a última sessão realizada para discutir  “ trânsito” em Cuité foi exatamente para não se cobrar fiscalização e não ao uso de capacete. 



Show comments
Hide comments

3 comentários:

  1. Nenhum prefeito dá região tem coragem de assumir o trânsito pois pode até salvar vidas mas não dá voto, é isso é o que importa pra eles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. falou bem e quem esteve no poder NUNCA FEZ, pq será?

      Excluir
  2. Nunca fez porque ou tava na cachaça ou tava roubando...
    Aquelas desgraças nunca se preocuparam com nada nem com ninguém

    ResponderExcluir

Dê a sua opinião sobre esta publicação.