terça-feira, 20 de junho de 2017

ACUSADO DE MATAR VENDEDOR NO PARQUE POVO É PRESO EM BAYEUX

A localização do possível autor do crime ocorreu após a divulgação das imagens do circuito de câmaras do Parque do Povo. O acusado, identificado como Alan Fernandes da Silva, de 28 anos e um dos comparsas de 17 foram detidos numa comunidade, em Bayeux.

De acordo com o delegado Magno Toledo, a tatuagem ajudou a polícia a ter certeza de que este era o acusado.
“As imagens do circuito de câmeras são bastante nítidas, e um detalhe muito importante que ajudou a polícia é o fato de uma tatuagem grande nas costas e ele estava sem camisa no momento da filmagem do Parque do Povo. Isso ajudou bastante a Polícia Civil a ter certeza de que ele era a pessoa que estava nas imagem do circuito de câmeras do Parque do Povo”, disse o delegado.
O caso está sendo tratado como latrocínio (roubo seguido de morte). As investigações estão sob o comando da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande, com o apoio do Núcleo de Homicídios de Bayeux. A polícia está em diligências para capturar e identificar os outros dois envolvidos no crime.
A vítima, Davson Oliveira Barbosa, 30 anos, foi assassinado na madrugada desta segunda-feira (19), no Parque do Povo, em Campina Grande. Ele e o amigo retornavam do banheiro quando foram abordados por quatro assaltantes. Segundo o sobrevivente, a vítima avisou que não tinha nada para dar. Na saída, um dos criminosos falou alguma coisa e Davson respondeu. Logo em seguida foi atacado, com um golpe de faca no pescoço.
A dupla detida já chegou a Campina Grande, onde deve ser reconhecida pelas testemunhas.
com portal ParaibaTodoDia 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.