VEREADORES DE CUITÉ E NOVA FLORESTA FECHAM OS OLHOS PARA OS ACIDENTES DE TRÂNSITO

A cada ano mais acidentes de trânsito são registrados na região do Curimataú, os municípios com maiores índices são Cuité e Nova Floresta.


As autoridades competentes são omissas, a população não se mobiliza o Ministério Público é inerte a pauta.   Na legislatura passada a Câmara Municipal de Cuité concedeu voto de aplauso ao Grupo de Amigos do Trânsito do Curimataú -ATC , acontece que sozinho esse grupo resumido de voluntários não avança , senão a participação da sociedade civil organizada. 

O mais curioso é que os vereadores de Cuité se resumiram a discutir em uma sessão ordinária na semana passada na casa Manoel Felipe, apenas a questão da falta de ambulâncias do SAMU para socorrer vitimas de acidentes de trânsito e não discutiram a causa “ Violência no Trânsito” pelos inúmeros óbitos  e pessoas mutiladas. 

Passou-se o Maio Amarelo, movimento que nasceu com uma só proposta: Chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo, não foi visto nenhuma atividade educativa na região do Curimataú, muito pelo contrário foi o mês com maior número de vitimas no trânsito. 

 Vem ai! A Semana Nacional de Trânsito no mês de Setembro e esperamos que os prefeitos , vereadores e o MP façam algo em defesa da vida. 

A Câmara Municipal de Cuité deve abrir essa discussão em sessão conjunta com o parlamento mirim de Nova Floresta, audiência pública para chamar o feito à ordem e abrir discussão entre as autoridades, pois o tema, trânsito, não caminha sozinho, precisando estar integrado com a educação, saúde e finanças. 



A cidade que queremos, perpassa por uma cidade viva. Ações que visem melhorar nosso comportamento diante do trânsito e implantar a municipalização do trânsito de sua cidade e assim cada um fazer sua parte. 
Compartilhe no Google Plus

Quem é Dema Macedo

O Blogueiro Dema Macedo é considerado um líder comunitário dos mais atuantes em sua região no Bessa, com ampla participação nas comunidades ao redor, também foi presidente da Associação de Moradores no Condomínio Valparaíso. Suas ações consiste em fazer a ligação do poder público com as comunidades, procurando solucionar os problemas sociais, de infraestrutura e apoio familiar. Também participa ativamente do cenário político em em Cuité, município onde nasceu.
    Comente por aqui
    Comente com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.