domingo, 13 de agosto de 2017

APÓS VAIAS, CÁSSIO, COM MEDO, DESISTE DE IR A CONVENÇÃO DO PMDB EM CUITÉ


Levar vaias está virando rotina na vida do Senador Cássio Cunha Lima, do PSDB. Isso tem se tornado uma constante na vida de políticos que apoiaram o golpe e que agora apoiam o governo Temer.

A exemplo do prefeito de São Paulo, João Dória que sofreu uma saraivada de ovos em Salvador, e o aumento da venda de ovos nos últimos dias, políticos estão procurando evitar ir a eventos públicos e até mesmo mudam sua rotina diária ou agenda pública.

Cássio, com medo, desistiu de ir a convenção do PMDB em Cuité que foi realizada neste sábado, dia 12, a pedido de Bado Venâncio, que é aliado do senador e tem um emprego em seu gabinete com um modesto salário de 12 mil reais.

Na convenção estiveram presentes Manoel Jr. e Romero Rodrigues, também aliados do Grupo Cunha Lima.

O senador desistiu de ir a convenção do PMDB em Cuité, depois de ter sido vaiado, após uma entrevista na rádio 89 FM Cuité, pelos moradores da cidade. A polícia foi chamada, mas os populares continuaram batendo suas panelas em repúdio ao político paraibano.

Cássio após ver a multidão na frente da rádio saiu pela porta dos fundos.

No protesto esteve presente o líder estudantil Gustavo Eleuterio, que colocou a postagem abaixo em seu face, num claro alerta aos políticos ligados ao golpe e ao presidente Temer.



O povo está exercitando sua memória e  com certeza irá dar sua resposta aos políticos nas eleições de 2018. Cássio, antes de ir a Cuité, já vem de protesto em Patos e no São João de Campina Grande, cidade considerada seus reduto político.

Assista o vídeo das vaias contra o senador em Cuité:

 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.