terça-feira, 29 de agosto de 2017

OS VAMPIROS NA CÂMARA DE CUITÉ

A Câmara de Vereadores de Cuité derrubou, por maioria , o veto do Prefeito Charles Camaraense (PSL) ao projeto de lei de autoria do vereador Laelson Borges que cria o Banco de Doadores de Sangue no município .


O Projeto de Lei tem vicio de iniciativa , porém pode ser sanado pelo Executivo mediante sanção quando dele seja a prerrogativa usurpada , tem o condão de sanar esse defeito jurídico radical. 

“ os vereadores de oposição atropelaram literalmente e intencionalmente os princípios constitucionais e do regimento da Câmara “ disse a vereadora Rafaela.

Segundo a vereadora Rafaela (PSL) a bancada de situação apoiava a ideia de enviar uma indicação ao executivo para remeter a Casa Legislativa o projeto , mas os vereadores de oposição se negaram, mesmo sabedores que nenhum projeto que onere despesas ao executivo pode vir da Câmara. 

Os vereadores de oposição rejeitaram o veto  do executivo mesmo sabendo  que não cabia mais votação e acrescentou  a vereadora Rafaela " Iremos a justiça para que o RI da Câmara  seja cumprida  " .  Na verdade o executivo vai fazer essa transfusão da lei , agora pelas vias judiciais, enquanto a oposição continua anêmica . 

O vereador Laelson (PMDB) , caladinho está com dentes afiados nas propostas “ cascas de bananas” do seu maior apoiador de campanha da área de saúde .

O projeto é de grande valia , mas  induz ao erro o executivo  e se o vereador autor da PL  enquanto não jogar fora  a fantasia  de Conde Drácula estará pouco preocupado na questão central que é um banco de dados de doadores de sangue. Em programa de rádio o prefeito já se manifestou favorável ao cadastro de pessoas para no banco de doadores , desde que na forma da lei. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.