quinta-feira, 7 de setembro de 2017

A INDEPENDÊNCIA DE CUITÉ

A independência do Brasil ocorreu em 7 de setembro de 1822 e a independência de Cuité se deu após o domínio de um grupo familiar em 2 de outubro de 2016, depois de uma eleição marcada por acusações e em alguns momentos por violência, as urnas deram uma maioria ao novo tempo de 522 votos. 

Causas: 
-Vontade grande da população cuiteense em acabar com a hegemonia política de um reinado.
- Desgaste do sistema político dominante local que fazia da prefeitura cabide de emprego a familiares em primeiro escalação por mais de uma década. 


Governo Republicano 
- Mesmo Euda-Bado não sendo aliados do Governador , Ricardo Coutinho quebrou todos os paradigmas e fez grandes investimentos públicos para o município. 

Dia do Fico 
- Cuité era órfã de um nome novo que pudesse representar o desejo de mudança.
- Charles atendeu o apelo popular e decidiu ser candidato a deputado, pelo bem da Serra desistiu acertadamente em não apoiar Buba Germano. Nesse momento ele criou identidade e se credenciou como melhor alternativa para mudar a história política da região. 

 Medidas pré independência 
- Charles começou a mostrar trabalho como deputado e Cuité que começa a lutar por mais  benefícios públicos. 
- Nunca se viu em Cuité um batalhão de artilharia tão forte , formadores de opinião, contra o esquema politico que se dizia invencível. 

A Proclamação da Independência 
- A chave da cidade foi entregue ao novo prefeito 
- Na posse conturbada a portas fechadas da casa do povo , câmara ,  como represália da presidência aos populares que não tinha espaço na pequena casa legislativa , acompanharam a cerimônia no meio da rua sem direito a pelo menos um telão.  

Pós Independência 
- Pela primeira vez foi   vislumbrado  a Cidade que Queremos. 
- Eleitores independentes e exigentes  partem  para os elogios e criticas da nova gestão. 
- É  melhor se pautar pelas criticas dos aliados,  interesses coletivos , do que se balizar por elogios de quem era do contra. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.